Israel leva água e energia para a África

Innovation: Africa, uma organização americano-israelense que leva as tecnologias solares, hidráulicas e agrícolas de Israel às aldeias rurais da África, é uma das três vencedoras do Prêmio InnoDip 2019 por diplomacia inovadora. O prêmio, estabelecido pelo Instituto Abba Eban de Diplomacia Internacional no Centro Interdisciplinar de Herzliya, foi entregue na Conferência Diplomática Jerusalém Post.

Segundo Sivan Ya’ari, fundadora da Innovation: Africa a organização surgiu há há 21 anos, quando trabalhou na África e percebeu que o principal desafio era a falta de energia. Como não havia energia suficiente, não havia eletricidade, luz e refrigeração, o que resultava em falta de água limpa, acesso a vacinas e medicamentos e pouca escolaridade. “Sem eletricidade para bombear água limpa, as pessoas passam horas procurando água todos os dias, apenas para encontrar fontes sujas e contaminadas”. Ya’ari retornou aos Estados Unidos, e, ainda estudante, começou a trazer sistemas de energia solar para as aldeias.

Hoje, Ya’ari e sua equipe treinam engenheiros locais para instalar energia solar para alimentar escolas, centros médicos e bombear água limpa do solo. Com a energia solar nos centros médicos, médicos qualificados se mudam para aldeias remotas, as pessoas recebem atendimento e os alunos podem estudar à noite e, pela primeira vez, usar computadores. Usando energia solar para bombear água, as torneiras são instaladas nas aldeias e a irrigação por gotejamento permite que as pessoas cultivem suas próprias colheitas o ano todo.

O comitê público presidido pelo Embaixador Ron Prosor escolheu o Innovation: Africa como vencedor porque “exemplifica a diplomacia entre as pessoas. Eles distribuem a inovação israelense diretamente para onde ela é mais necessária”.

Ya’ari explica que os governos africanos valorizam o trabalho da Innovation: Africa. “Eles querem aprender com Israel, e sempre somos bem-vindos”. Ela acrescenta que, quando os moradores experimentam água limpa, eles dizem que Deus respondeu às suas orações por Israel e Jerusalém. “É uma situação em que todos saem ganhando”, diz ela.

“Ao trazer a tecnologia israelense para a África, temos um sistema que permite a nós e ao governo monitorar os sistemas solares remotamente, para que, a qualquer momento, eles possam ver quanta água foi bombeada de cada aldeia e quanta energia foi consumida”.

Desde 2008, a Innovation: Africa concluiu mais de 250 instalações, ajudando mais de 1,5 milhão de pessoas. Atualmente, está implementando suas soluções de energia solar em dez países africanos, incluindo Uganda, África do Sul, Camarões e Etiópia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *