Israelense de 15 anos é campeã europeia juvenil

A windsurfista israelense Daniela Peleg, de apenas 15 anos, foi consagrada campeã europeia juvenil Sub-19 da classe IQFoil, na Suíça, na primeira grande competição realizada após a suspensão em decorrência da pandemia do novo coronavírus COVID-19. A jovem prodígio de Sdot Yam terminou em quarto lugar no torneio adulto.

Não é a primeira vez que Peleg se destaca no mundo náutico. Há dois anos, com apenas 13, foi vice-campeã mundial na classe Techno 293, em Liepaja, na Letônia.

Outra israelense, Noy Drihan, velejadora de Eilat terminou a competição com o 7º lugar.

O técnico da Seleção Israelense, Roni Meir, ficou empolgado com a atuação de Peleg, mas também destacou a atuação de Drihan, já que está velejando nesta nova classe há apenas um mês e meio. Três outras israelenses, Maya Morris, Naama Gazit e Noga Geller, terminaram em 15º, 22º e 24º.

LEIA TAMBÉM

A vela é um dos esportes que mais triunfos internacionais trazem a Israel, com três medalhas olímpicas, incluindo a única de ouro, de Gal Fridman, em Atenas 2004. Ele também contribuiu com o bronze em Atlanta 1996, ambos na classe Mistral, enquanto Shahar Zubari também foi o último degrau do pódio em Pequim 2008. Naquele mesmo ano, ele também alcançou o bronze na Copa do Mundo, enquanto foi titular europeu em 2009 e 2010.

Além disso, Lee El Korzits conquistou quatro títulos mundiais: Espanha 2003 (classe Mistral), Austrália 2011, Espanha 2012 e Brasil 2013, tornando-se a segunda mulher na história a conquistar um tri-campeonato consecutivo.

A vela foi um dos primeiros esportes a retornar aos treinos em Israel em meio à pandemia, no final de abril, e isso se refletiu nos resultados.

Foto: Reprodução Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *