Yad Vashem e a identificação da criança com sua herança judaica

Um Bar ou Bat Mitzvá marca o começo da conexão adulta de uma criança com o povo judeu. O Yad Vashem, Museu da História do Holocausto de Israel, oferece um programa chamado “Twinning” ou “irmanação ou geminação”, que visa fortalecer a identificação de uma criança com sua herança judaica, forjando laços com crianças que foram assassinadas durante o Holocausto. O programa consiste em juntar o menino Bar Mitzvá ou a menina Bat Mitzvá com uma criança que não teve a chance de celebrar seu Bar ou Bat Mitzvá. 

A criança escolhida para ser lembrada tem algo em comum com a criança que está comemorando: a data de aniversário, nome ou local de origem. Ao lembrar o seu “gêmeo”, o jovem estará ajudando a manter a memória viva. Para isso, o Yad Vashem desenvolveu uma excursão especial ao Museu para marcar a ocasião. 

A visita se concentra no destino de crianças e adolescentes e nos desafios enfrentados pelas famílias judias durante o Holocausto. No final do tour, o Bar Mitzvá ou a Bat Mitzvá recebe um certificado especial comemorando a idade do menino ou menina cuja memória eles se comprometeram a perpetuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *