Bandeira de Israel pisada na Jordânia

O Ministério das Relações Exteriores israelense fez um forte protesto contra o governo jordaniano depois que a ministra das Comunicações e também porta-voz do governo da Jordânia, Jumana Ghunaimat, pisou na bandeira de Israel ao entrar em uma reunião oficial realizada na semana passada na sede sindical do país – um órgão que se opõe profundamente à normalização das relações com Israel, apesar de um tratado de paz assinado em 1994.

O sindicato colocou um desenho da bandeira de Israel no chão na entrada do prédio, junto com pegadas, encorajando os visitantes a pisar nele como uma forma de protesto contra Israel. A ministra foi elogiada nas mídias sociais por estar entre aqueles que escolheram pisar na bandeira ao chegar para a reunião. Já o primeiro-ministro Omar Razzaz entrou no QG dos sindicatos em Amã pela entrada lateral, para evitar pisar na bandeira e foi criticado pela mídia local e ativistas por “apoiar a entidade sionista”. 

Apesar do tratado de paz, o povo jordaniano não aceita bem as relações entre os dois lados. Em outubro passado, o rei da Jordânia, Abdullah II, acabou com parte do tratado de paz, que concedeu a Israel o uso de duas pequenas áreas agrícolas ao longo da fronteira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *