Filme brasileiro retrata campo de concentração nazista

O filme “Jadzia”, com a atriz Laura Cardoso, que se passa em um campo de concentração nazista, foi selecionado e está concorrendo ao melhor curta-metragem de ficção no Festival Human Rights Brazil!

Em maio de 1939, a SS transferiu 900 mulheres do campo de concentração feminino de Lichtenburg para o campo de concentração de Ravensbrück. Durante a existência do campo, cerca de 130 mil prisioneiras de 23 países, junto com centenas de crianças, passaram por Ravensbrück.

O filme conta a história verídica de Jadzia uma prisioneira política do campo de concentração de Ravensbrück.

Jadzia passou 5 anos em Ravensbrück. Ao sair do campo, trabalhou como enfermeira voluntária na Suécia. Em 1950 imigrou para a Argentina onde formou sua família e começou a pintar, expressando todo seu sentimento nas telas. Em 1980 mudou-se para o Brasil e se estabeleceu em Curitiba, onde morreu em 2012.

LEIA TAMBÉM

Para votar em  “Jadzia” como o melhor curta, acesse o site do Festival. Os filmes estarão em exibição neste site até dia 17/01.

5 thoughts on “Filme brasileiro retrata campo de concentração nazista

  • Pingback: Filme brasileiro retrata campo de concentração nazista - Rede Israel

  • 15 de janeiro de 2021 em 06:05
    Permalink

    Voto em Jadzia – Deus permitiu que ela sobrevivesse para que soubéssemos um pouco mais dessa tragédia.

  • 16 de janeiro de 2021 em 01:08
    Permalink

    Esse é um filme Forte e alerta 🚨 a toda humanidade ! Ela sobreviveu pra contar e Merece muito ganhar !
    Que o mundo nunca mais permita que isso se repita

  • 16 de janeiro de 2021 em 20:40
    Permalink

    Muito importante mostrar ao mundo o que aconteceu com essas mulheres no campo. Este filme revela todo o sofrimento que os nazistas impuseram às mulheres e seus filhos. Merece ganhar o prêmio pelo alerta que expõe para a humanidade.

  • Pingback: Saga de família brasileira vence Festival de Cinema de Haifa - Revista Bras.il

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: