Nova novela da Globo semeia antissemitismo

A nova novela da Globo tem tudo para se tornar mais uma bandeira de antissemitismo. Órfãos da Terra, um nome já bastante sugestivo para os antissemitas de plantão, vai mostrar culturas diferentes e uma rivalidade histórica, compartilhando a mesma vizinhança. Os núcleos palestino e judaico da novela serão protagonizados por Mamede Al Aud (Flávio Migliaccio) e Bóris Fischer (Osmar Prado).
Mamede é palestino e avô de Ali Al Aud, dono de um restaurante no reduto da comunidade árabe de São Paulo, e de Muna, que dá aulas de dança do ventre no bairro. Por ter tido a casa destruída pelo exército israelense, Mamede tem horror a qualquer aproximação com os vizinhos judeus. A tal ponto de não suportar que seu cão Sultão chegue perto da cachorra Salomé, do vizinho judeu.
Já Bóris é o líder da família Fischer, formada por sua filha Eva e os netos Sara e Davi Enquanto o jovem está em Israel em combate na Faixa de Gaza, o restante da família vive no Brasil. Diferentemente do avô, que não vê com bons olhos a proximidade com os vizinhos palestinos, Sara se encanta por Ali e esconde sua própria ascendência, com medo de ser rejeitada e para fugir da rivalidade entre as duas famílias.
No entanto, o romance entre eles acontece ao mesmo tempo em que a judia Ester Blum, também vizinha das famílias de Bóris e Mamede, tenta arranjar o casamento de Sara com seu filho Abner. Típica mãe judia, Ester está preocupada em encaminhar o herdeiro, que ainda não encontrou um rumo na vida e ainda não consegue se sustentar por conta própria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *