Plano prevê mais trabalhadores de Gaza em Israel

O Ministério da Defesa apresentou seu plano de ação civil para a Faixa de Gaza, que prevê a continuação do aumento de licenças concedidas a trabalhadores de Gaza empregados em Israel, ajuda humanitária que inclui água e fertilizantes para a agricultura, licenças de construção para novos bairros na Faixa de Gaza e equipamentos médicos.

“Desde o ano passado, sob a orientação do Ministro da Defesa, as FDI vêm promovendo uma política integrada para a Faixa de Gaza”, disse o coordenador das operações do governo nos territórios, major-general Rasan Alian. “A política consiste em um esforço militar para impedir a escalada militar e danos fatais em qualquer tentativa de prejudicar a segurança do Estado de Israel, ao lado de uma política civil proativa e de um foco público”.

Era importante para o Ministério da Defesa mostrar aos moradores de Gaza que estava trabalhando a seu favor no ano passado, então com o fim da Operação Amanhecer, apressou-se em abrir a passagem de Erez para o movimento de trabalhadores de Gaza com permissão de trabalho.

Um comunicado publicado pelo coordenador de operações do governo nos territórios, mostrou que o número de travessias na passagem de Erez aumentou 311%, de 163.500, em 2021, para 632.000, em 2022 até agora, o que ajudou a diminuir a taxa de desemprego na Faixa em 5,5%, caindo para 44,7% e o número de desempregados em 11%, para 225 mil.

O aumento do número de permissões aumentou o número de habitantes de Gaza empregados em Israel em 14%, para 278.000, e aumentou o salário médio diário (combinado com toda a população) para 61,7 NIS, um aumento de 1,2 NIS.

Os dados descrevem um quadro ainda difícil que está melhorando para os habitantes de Gaza e, segundo o Ministério da Defesa, explica a paz vivida pelos moradores do sul nos últimos 8 meses, até a operação “Amanhecer”.

LEIA TAMBÉM

O presidente da Associação dos Trabalhadores de Gaza afirmou que dez mil trabalhadores entram em Israel todos os dias, além de 2.000 comerciantes.

Segundo ele, o salário diário de um trabalhador de Gaza em Israel é em média 300 NIS, de modo que o total da renda diária dos trabalhadores de Gaza em Israel chega a 3 milhões de NIS. Ele também acrescentou que nos 6 dias em que os trabalhadores de Gaza foram impedidos de entrar em Israel (antes e durante a operação “Amanhecer”) sua perda de renda foi estimada em NIS 18 milhões.

“Com o fim da operação e a retirada da ameaça à segurança dos cidadãos de Israel, voltamos à implementação da política civil para a Faixa de Gaza com limitações no tema da reconstrução, até que haja progresso na questão dos Shun (prisioneiros e pessoas desaparecidas)”.

Alian afirmou ainda que “os moradores de Gaza devem saber que não temos interesse em sermos arrastados para a guerra contra eles, e o sistema de segurança israelense continuará a permitir políticas civis humanitárias para a população de Gaza, mas isso está sujeito à preservação da estabilidade da segurança. Quanto mais o Hamas e as outras organizações terroristas na Faixa de Gaza tentarem quebrar a paz, a política israelense mudará de acordo. Sugiro que os moradores de Gaza deem uma olhada na Judeia e Samaria e nas medidas que Israel está promovendo lá, e percebam o que está em jogo e os danos que o Hamas está causando a eles. O Hamas é um inimigo do Estado de Israel e, infelizmente, também dos moradores de Gaza”.

Fonte: Davar
Foto: Porta-voz FDI

2 thoughts on “Plano prevê mais trabalhadores de Gaza em Israel

  • 15 de agosto de 2022 em 20:22
    Permalink

    Texto hipócrita, na verdade quanto mais terroristas ameaçam e deslegitimam Israel com a participação ampla de toda a população, mais ela transitam entre nós, e trabalham aqui provocando medo e desconfiança por postarem frequentemente que foram doutrinados para odiar e matar judeus. Esse governo bem como os anteriores são culpados por importar o terrorismo permanentemente!

    • 16 de agosto de 2022 em 19:42
      Permalink

      Tbm acho um absurdo trazer mais palestinos p Israel, querem mais terroristas, selvagens assassinos?? Chega deste lixo por favor!!!

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: