Software israelense detecta apneia do sono

Uma equipe internacional de pesquisa liderada pelo Technion Institute of Technology em Israel desenvolveu um software inovador baseado em inteligência artificial para detectar a apneia obstrutiva do sono (AOS), uma condição na qual as pessoas param de respirar por cerca de 10 segundos ou mais enquanto dormem.

A prevalência dessa síndrome aumenta com a idade e afeta mais de um em cada cinco indivíduos na população adulta em geral, especialmente homens e pessoas com excesso de peso.

AOS é caracterizada pela interrupção da respiração durante a noite e níveis mais baixos de oxigênio no sangue. A síndrome causa fadiga e sonolência durante o dia, o que pode levar a ineficiência e acidentes de trabalho e, em alguns casos, a acidentes de trânsito. AOS também aumenta o risco de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares.

“O modelo que desenvolvemos é uma ferramenta confiável e eficaz para identificar a apneia do sono em grandes populações e pode ajudar uma avaliação maciça da condição “, disse o Dr. Joachim Behar, membro da Escola de Engenharia Biomédica Technion, que liderou o estudo.

Este modelo pode ser usado a longo prazo para desenvolver uma aplicação móvel adequada e, eventualmente, fazer parte de um relógio inteligente ou pulseira que inclui um oxímetro para extrair os biomarcadores necessários e realizar um auto-exame preciso da AOS.

A tecnologia usada para diagnosticar a síndrome nos laboratórios do sono, chamada de polissonografia, registra as ondas cerebrais e o nível de oxigênio no sangue, bem como a frequência cardíaca, a respiração e os movimentos dos olhos e das pernas durante o sono.

A tecnologia desenvolvida por Behar e sua equipe é baseada em dados e biomarcadores obtidos de 887 adultos em São Paulo, Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *