Start up israelense cria omelete sem ovos

Israel é um dos principais centros de inovação no setor de alimentos. Muitas empresas estão projetando os pratos que serão consumidos nas próximas décadas, incluindo a ZeroEgg, que está desenvolvendo um líquido para preparar, por exemplo, uma omelete de ovo… sem ovos.

A ZeroEgg, com sede em Ashdod, ao sul de Tel Aviv e ao norte de Ashkelon, é uma das onze finalistas do concurso Food Tech organizado pelo jornal econômico israelense Calcalist.

Em seu site, os criadores do ZeroEgg reconhecem que os alimentos de origem animal “são acessíveis, saborosos, nutritivos e baratos”, mas também alertam que seu consumo ainda é sustentado por “um forte lobby” das grandes empresas do setor e por isso que eles formam a parte principal de nossas dietas. No entanto, esses alimentos, também são “poluentes, produzem muito lixo e são prejudiciais aos animais”, concluem.

A ZeroEgg se propõe a criar alimentos à base de plantas que sejam acessíveis, saborosos, nutritivos e menos poluentes e, segundo a empresa “eles não serão prejudiciais aos animais ou aos seres humanos”.

O liquido que substitui os ovos é feito com base em proteínas extraídas de plantas, principalmente leguminosas. Partindo de leguminosas como ervilhas ou soja, o ZeroEgg desenvolve um pó que se mistura com a água e, no final do processo de fabricação, pode ser usado para cozinhar omeletes, assar ou preparar maionese, por exemplo.

“É bom para pessoas veganas ou alérgicas”, disse Liron Nimrodi, CEO e cofundador da ZeroEgg, durante a convenção FoodTechIL realizada em Tel Aviv no início de outubro.

“Estamos comprometidos em criar uma nova realidade em alimentos à base de plantas”, afirmam os funcionários da ZeroEgg, portanto é provável que em breve omeletes de ovo sem ovo sejam um prato comum em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *