Agência Judaica publica dados sobre judeus no mundo

Na véspera do feriado de Rosh Hashaná, a Agência Judaica publicou os dados mais atualizados sobre a população judaica em Israel e no mundo.

Segundo o relatório, o número de judeus no mundo atualmente atinge 14,8 milhões de pessoas, em comparação com 14,7 milhões no ano anterior.

Do total da população judaica, cerca de 8,1 milhões vivem fora de Israel, sendo 5,7 milhões nos Estados Unidos, enquanto 6,7 milhões vivem em Israel.

Esses números incluem todos aqueles que se definem como judeus e que não se identificam com outra religião. O relatório também observa que o número de pessoas que poderiam imigrar para Israel através da Lei do Retorno atinge 23,6 milhões de pessoas no mundo.

O estudo também apontou os países com as maiores populações judaicas do mundo: França (450.000), Canadá (392.000), Reino Unido (292.000), Argentina (180.000), Rússia (165.000), Alemanha (118.000), Austrália (118.000) e Brasil (93.000).

A lista também aponta como um fato interessante que cerca de 26.000 judeus atualmente vivem em países árabes e muçulmanos, incluindo cerca de 15.000 na Turquia, 8.500 no Irã e 2.000 no Marrocos.

Esses dados são provenientes das estimativas atualizadas do professor Sergio Della Pergola, da Universidade Hebraica de Jerusalém, que são publicados no Anuário Judaico Americana (AJYB) de 2019.

O presidente da Agência Judaica, Isaac Herzog, enfatizou que “no ano passado, imigraram para Israel com a ajuda da Agência Judaica dezenas de milhares e outras dezenas de milhares de jovens judeus visitaram Israel em programas educacionais como Masa. A Agência Judaica continuará sendo a ponte entre Israel e as comunidades judaicas e fornecendo uma resposta aos principais desafios que o povo judeu enfrenta em Israel e na diáspora, especialmente a luta contra o antissemitismo que atingiu seu auge no ano passado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *