Casa do terrorista de Hebron mapeada para demolição

O Exército de Israel, junto com o serviço de segurança interna Shin Bet e a Polícia de Fronteira, mediram, no sábado, a casa de Muhammad al-Jabari, o terrorista que realizou o ataque em Kiryat Arba naquela mesma noite para prepará-la para uma possível demolição.

Israel muitas vezes demoliu as casas dos palestinos acusados ​​de realizar ataques terroristas como medida punitiva. Os críticos condenaram essa prática como uma forma de punição coletiva.

Além disso, as forças israelenses prenderam o irmão de al-Jabari, suspeito de ser membro do Hamas que atirou e matou um israelense e feriu outros quatro na cidade israelense perto de Hebron, na noite de sábado.

Soldados israelenses também realizaram uma operaração no campo de refugiados de Jalazone e prenderam duas pessoas procuradas suspeitas de envolvimento em atividades terroristas, que foram transferidas para investigação adicional. Várias armas adquiridas ilegalmente também foram confiscadas.

Durante a operação, pedras foram lançadas contra as forças, que responderam com medidas de dispersão de distúrbios, incluindo gás lacrimogêneo. Não houve baixas para as forças israelenses.

Esta ação foi realizada como parte da operação de contraterrorismo em andamento “Break the Wave”, que começou após uma série de ataques terroristas mortais no início deste ano.

LEIA TAMBÉM

Como resultado desta operação nos últimos meses, mais de 2.000 palestinos foram presos pelas forças israelenses que continuam a procurar suspeitos de terrorismo.

O terrorista Muhammed Kamel al-Jaabari, morador de Hebron, foi atropelado pelo coordenador de segurança militar da região após abrir fogo com uma arma M-16 em uma loja perto do posto de controle de Ashmoret, matando Ronen Hanania, um judeu de 50 anos e ferindo cinco pessoas. Ele então foi morto a tiros por um oficial das FDI fora de serviço.

Fonte: The Algemeiner
Fotos: Wikimedia Commons (ilustrativa) e mídia social

2 thoughts on “Casa do terrorista de Hebron mapeada para demolição

Fechado para comentários.