Árabes perderam interesse nos palestinos

Uma pesquisa global revelou que os estados muçulmanos querem laços mais próximos com Israel. Em todos os países pesquisados, mais da metade dos entrevistados mostrou pouco interesse no conflito palestino.

A pesquisa, encomendada pelo Ministério de Relações Exteriores de Israel, para identificar atitudes em todo o mundo sobre o Estado judeu revelou resultados surpreendentes nos países muçulmanos,até  mesmo no Irã.

Segundo os resultados, 75% dos entrevistados achavam que as relações com Israel seriam boas para seus países. O Ministério das Relações Exteriores de Israel apresentou os resultados por país:

Iraquianos – 43%

Emirados – 42%

Marroquinos – 41%

Iranianos -34%

Tunisianos – 32%.

Sauditas – 23%.

A pesquisa foi  realizada sem que os participantes soubessem que havia sido encomendada por Israel.

Uma questão adicional perguntou se a Autoridade Palestina era o principal obstáculo no caminho para a paz no Oriente Médio. A pesquisa constatou que mais da metade dos entrevistados não tinha uma posição sobre o assunto.

De acordo com um funcionário do Ministério de Relações Exteriores de Israel, “em relação aos palestinos, o ponto mais importante é o quão desinteressado o público global está no conflito. Em contrapartida, Israel é visto como um país com o qual vale a pena ter relações. É uma tendência positiva porque as pessoas vêem os pontos fortes de Israel”.

As pesquisas também indicaram que uma maioria significativa dos países latino-americanos apoia a mudança de suas embaixadas para Jerusalém.

Na pesquisa, os participantes também foram questionados sobre o Irã. Em todas as regiões do mundo, a maioria das pessoas não acreditava que o Irã havia cessado o desenvolvimento de armas nucleares. A região onde a população menos acreditava era o Oriente Médio.

Font: weeklyblitz.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *