Ben-Gvir será o ministro da Segurança Nacional

O Otzma Yehudit e o Likud chegaram a um acordo sobre a posição que o partido de Itamar Ben-Gvir ocupará no novo governo.

Ben-Gvir atuará como Ministro da Segurança Nacional, uma versão expandida do Ministério da Segurança Pública, cuja jurisdição também incluirá a Divisão de Execução Imobiliária e a divisão da Polícia de Fronteira da Judeia e Samaria.

“Demos um passo importante, esta noite, para estabelecer um governo de direita total. O retorno da segurança às ruas é uma preocupação para o Negev e a Galileia e a resiliência nacional para idosos e centros juvenis, bem como para os patrimônios em Israel. Estou feliz que o acordo sobre os ministérios que o Otzma Yehudit receberá nos permitirá realizar nossas promessas eleitorais, pela segurança e fortalecimento do Negev, da Galiléia e da periferia”, disse Ben-Gvir em um comunicado.

O Ministério do Negev e Galileia terá áreas de atuação ampliadas, passando a se chamar Ministério do Desenvolvimento do Negev e Galileia e Resiliência Nacional.

Além disso, o diretor de planejamento do Ministério do Neguev e da Galileia e Resiliência Nacional será responsável por realizar a regulamentação de todos as novas comunidades na Judeia e Samaria de acordo com as decisões de uma equipe de ministros liderada pelo primeiro-ministro.

O Otzma Yehudit também atuará como vice-ministro da Economia, presidente do Comitê de Segurança Interna e presidente do Comitê do Fundo de Israel em rotação.

LEIA TAMBÉM

O Likud e o Shas também avançaram nas negociações.

De acordo com declarações de ambos os partidos, o presidente do Shas, Aryeh Deri, receberá os ministérios do Interior e da Saúde, além de outras pastas para membros do partido, como a de assuntos religiosos que deverá ser ocupada pelo ex-ministro Yaakov Avitan que deve retornar ao cargo, além de mais duas pastas.

A possibilidade de rodízio entre Deri e o presidente do Sionismo Religioso, Bezalel Smotrich , na pasta de finanças ainda está sendo analisada.

Se as partes chegarem a um acordo sobre isso, Smotrich ocupará o cargo nos primeiros dois anos e depois transferirá o cargo para Deri e atuará em seu lugar nos Ministérios do Interior e da Saúde.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Assessoria de imprensa do Likud

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *