Brasileiro recebe título do Instituto Weizmann

Nesta semana, o Conselho Internacional do Weizmann Institute of Science realiza sua 71ª Assembleia Geral Anual, de 10 a 13 de novembro, comemorando o 70º aniversário do Weizmann Institute.

O Instituto Weizman de Ciências, localizado em Rehovot, Israel, é um dos principais institutos multidisciplinares do mundo, contando com mais de 3.000 cientistas, técnicos de laboratórios e estudantes. Há 70 anos reúne esforços que incluem a busca por novas formas de combater doenças e proteger o meio ambiente. Guiado exclusivamente pela curiosidade, realiza pesquisa básica nas áreas de Física, Química, Biologia, Bioquímica, Matemática e Ciências da Computação.

Desde a sua criação, o Instituto Weizmann manteve-se fiel à visão do Dr. Chaim Weizmann, promovendo pesquisas de excelência orientadas pela curiosidade para o benefício da humanidade. Esse espírito de excelência, inovação e dedicação à compreensão dos mistérios do universo está no centro das pesquisas científicas realizadas nos laboratórios do Instituto nos últimos 70 anos.

Na terça-feira (12/11), o brasileiro Mario Fleck, presidente dos Amigos do Weizmann do Brasil, será agraciado pelo Instituto com o título de Doutor em Filosofia Honoris Causa.

O título de Doutor de Filosofia Honoris Causa é a maior honra concedida pelo Instituto Weizmann de Ciências para pessoas com ideais e valores que o Instituto compartilha: excelência, em qualquer área; dedicação para melhorar a condição da humanidade; e profunda paixão, impulsionada pela curiosidade.

O diploma é concedido anualmente a figuras líderes nos mundos da ciência e da academia, da arte e da filantropia. Mario Fleck vai se juntar a uma lista que inclui personalidades como Menachem Begin, Jimmy Carter, Henry Kissinger, Elie Wiesel, Shimon Peres, referências da arte como Zubin Metha, Arthur Rubinstein e Marc Chagall, do pensamento como Simone Weil, da ciência como Eric Kandel, François Jacob, Severo Ochoa e Rita Levi Montalcini e da filantropia como Morris Kahn. Os brasileiros já homenageados em apreciação de seu impacto significativo sobre a humanidade foram Adolpho Bloch (1978), a doutora Regina Feigl (1982) e Samy Cohn (1994).

Há mais de 12 anos à frente dos Amigos do Weizmann do Brasil, Mario Fleck ocupou várias posições de liderança na comunidade judaica do Brasil. Atualmente é presidente da CIP – Congregação Israelita Paulista, presidente do Conselho da FISESP – Federação Israelita do Estado de São Paulo, vice-presidente da Câmara de Comércio Brasil-Israel, conselheiro do Hospital Albert Einstein, conselheiro da escola Aleph, co-chair para América Latina do Instituto BILLA do AJC (American Jewish Committee). Fleck foi presidente do Conselho da EAESP-FGV, presidente do Colégio Max Nordau no Rio de Janeiro e colaborador de diversas ONGs ligadas à educação, cultura e meio-ambiente.

Anna Bentes Bloch, esposa de Adolpho Bloch Z´L, homenageado em 1978, também esteve presente às comemorações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *