Homens lideram campanha de combate à violência contra a mulher

Uma nova campanha de mídia social dirigida aos homens israelenses, exortando-os a assumir a responsabilidade no combate à violência generalizada e ao assédio sexual na sociedade israelense, está sendo conduzida por homens.

O vídeo mostra 15 figuras masculinas da mídia israelense falando contra a agressão sexual e exortando seus colegas a assumir a responsabilidade

O vídeo de um minuto foi postado na mídia social no domingo com a hashtag em hebraico “#זו_בעיה_שלי” (esse é meu problema) em resposta ao suposto estupro coletivo de uma garota de 16 anos em Eilat, em agosto.

“A violência contra as mulheres não é um problema das mulheres, é meu problema”, dizem 15 figuras masculinas da mídia israelense que falam “de homem para homem” na tentativa de responsabilizar outros homens pela violência sexual contra mulheres no país.

No comercial eles pedem aos homens israelenses que pensem em todas as mulheres em suas vidas antes de informá-los que em Israel, uma em cada cinco mulheres é estuprada, uma em cada três foi abusada sexualmente e que todas as mulheres em Israel foram assediadas sexualmente pelo menos uma vez.

Marshek, conhecido por seu papel na popular série de sátira israelense “Os judeus estão chegando”, trouxe sua filha para o set. Os produtores do vídeo disseram ao Canal 12 que ele estava falando diretamente com ela, razão pela qual sua atuação foi quase chorosa.

O vídeo foi criado de forma voluntária e foi ideia de Mordechai Braunstein, um empresário israelense. “Há muito tempo sinto a falta de vozes masculinas se dirigindo aos homens neste discurso, então decidimos fazer algo a respeito, produzimos uma campanha e postando no Facebook”.

2 thoughts on “Homens lideram campanha de combate à violência contra a mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *