Independência para cegos no transporte público

O Moovit, o aplicativo de mobilidade líder do mundo, iniciou uma parceria com o WeWALK, permitindo que usuários cegos e com deficiência visual naveguem no transporte público de forma independente.

Criado em 2012 e adquirido pela Intel em 2021, o aplicativo Moovit desenvolvido em Israel é usado por mais de um bilhão de usuários em 3.400 cidades em 112 países em 45 idiomas. A WeWALK é uma startup do Reino Unido que desenvolveu uma bengala inteligente para pessoas com deficiência visual.

A tecnologia do Moovit permite que os usuários do WeWALK identifiquem e naveguem até os pontos de ônibus e estações de trem corretos; acessem informações de chegada em tempo real; obtenham orientação passo a passo em tempo real em toda a jornada; recebam alertas de áudio e texto; e obtenham alertas de serviço sobre alterações e interrupções em sua rota.

“Esta é uma parceria muito importante para nós, pois se alinha perfeitamente com nossa missão de simplificar a mobilidade urbana para todos e torná-la mais eficiente e sustentável”, diz Luke Redfern, gerente de parceria do Moovit no Reino Unido e Irlanda.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem cerca de 253 milhões de pessoas com deficiência visual em todo o mundo, muitas das quais usam bengala branca.

Embora a bengala padrão ajude os usuários a evitar obstáculos no nível do solo, ela não pode ajudá-los a navegar em obstáculos mais altos e certamente não pode ajudar a encontrar a estação correta de ônibus ou metrô ou planejar a viagem.

LEIA TAMBÉM

Isso significa que muitas pessoas com deficiência visual simplesmente não usam o transporte público, tornando-as dependentes de outras pessoas para chegar aonde precisam ir.

Na verdade, diz Redfern, o Moovit fez um estudo de caso há alguns anos em Toronto que revelou que muitas pessoas com deficiência pararam de usar o transporte público por causa de uma mudança no sistema. Em cooperação com uma organização sem fins lucrativos, o Moovit produziu um aplicativo de marca branca para resolver esse problema.

Mas a parceria com a WeWALK chega a todos os usuários do Moovit em todos os lugares.

“A WeWALK criou uma caixa inteligente que se conecta à bengala e compartilha informações sensoriais da cintura para cima por meio de sensores ultrassônicos e uma alça vibratória”, diz Redfern. Ele também tem um assistente de voz.

“Acrescentamos a isso, sem nenhum custo, uma API de transporte que permite que os usuários do aplicativo WeWALK naveguem até os pontos de ônibus e obtenham informações em tempo real sobre a chegada do trem ou ônibus, além de orientações passo a passo para descer na estação certa”.

Uma conexão Bluetooth com a bengala fornece informações extremamente granulares. Por exemplo, o assistente de voz pode instruir o usuário WeWALK a “andar 100 metros na direção das 3 horas”.

Redfern observa que o Moovit está constantemente aprimorando seu próprio aplicativo e já oferece recursos projetados para pessoas com deficiência visual, daltonismo, deficiência motora manual e desafios de mobilidade.

Um usuário de cadeira de rodas pode descobrir se um determinado ônibus tem espaço adequado para a cadeira, por exemplo.

“Passamos os últimos 10 anos investindo pesadamente em tornar a mobilidade disponível para todos. Portanto, faz todo o sentido trabalharmos com a WeWALK para melhorar os serviços para as pessoas com deficiência, proporcionando maior acesso a oportunidades de emprego, educação e atividades sociais”.

Jean Marc Feghali, chefe de pesquisa e desenvolvimento do WeWALK, disse que a missão do WeWALK de criar ferramentas de mobilidade que mudam vidas é um processo colaborativo com parceiros líderes no mundo.

“Um exemplo é a entrega de acesso eficiente, utilizável e confiável aos dados de transporte público. A experiência vivida pela equipe WeWALK de deficiência visual apenas torna essa necessidade mais aparente, uma solução mais crítica e nossa promessa mais pessoal”, disse Feghali.

“A parceria da Moovit com a WeWALK é um passo extraordinário para realizar nossa missão e nossa promessa de mobilidade sem compromissos para deficientes visuais”.

Fonte: ISRAEL21c
Fonte: Foto: Cortesia Moovit

One thought on “Independência para cegos no transporte público

Fechado para comentários.