Mulher cega recupera a visão após cirurgia inédita em Israel

O raro procedimento realizado no hospital Beilinson restaurou a visão de Hanan Awad, de Nazaré, de 60 anos, que sofria de uma grave doença da córnea que a levou à cegueira.

Durante a complexa cirurgia, que foi realizada pela primeira vez em um hospital israelense, um pedaço de osso da perna de Awad e uma córnea artificial foram implantados em seu olho.

“A cirurgia é realizada nos casos mais graves de doença da córnea em que não é possível realizar o transplante de córnea do tecido doador e, na verdade, é a única opção para devolver a visão a pacientes cegos cujo estado até agora era considerado incurável”, disse o Dr. Eitan Livni, chefe da unidade de córnea em Beilinson.

Doenças da córnea, a lente mais externa do olho, são a segunda principal causa de cegueira na maioria dos países em desenvolvimento. Todos os anos, cerca de dois milhões de novos casos de cegueira da córnea são registrados, de acordo com estimativas da Organização Mundial de Saúde.

O procedimento de duas fases de Awad envolveu cirurgias com duração de sete horas cada, explicou o hospital na semana passada. Durante o primeiro, um pedaço de osso da canela de Awad foi retirado e então esculpido na forma de um disco fino. Em seu centro, foi feito um orifício de 3 mm, no qual foi inserida uma córnea artificial de material plástico. Como resultado, os médicos criaram um implante híbrido de osso orgânico e um implante artificial, para ser implantado no olho afetado.

LEIA TAMBÉM

Por um período de três meses, o implante foi colocado sob a pele de Awad para que o tecido mole e os vasos sanguíneos nutrissem o osso e ele fosse mantido vivo. Durante este período, cresce o tecido fresco que se liga ao osso. Na segunda fase do procedimento, os cirurgiões retiraram a prótese óssea com os vasos sanguíneos formados ao redor e, em uma operação complexa, implantaram o disco ósseo com a córnea artificial no centro do olho de Awad.

No início deste ano, os cirurgiões de Beilinson realizaram o primeiro transplante de córnea artificial bem-sucedido do país, desenvolvido pela empresa israelense de tecnologia médica CorNeat Vision, ajudando Jamal Furani, um residente de Haifa, a recuperar a visão.

“Temos o prazer de liderar mais um avanço no campo das córneas artificiais. São cirurgias que são realizadas em um pequeno número de centros médicos ao redor do mundo, devido à grande complexidade associada a elas”, disse o professor Irit Bahar, Diretor do Departamento de Oftalmologia de Beilinson. “Beilinson é o único centro do país a realizar esse tipo de cirurgia, que restaura a visão de pessoas cegas”.

Fonte: The Algemeiner
Foto: Canva