IsraelNotícias

Instruções das FDI em caso de terremoto

O Comando da Frente Interna das FDI aconselha a população israelense a se familiarizar com as instruções sobre o que fazer se um terremoto atingir o país, medidas que assumiram uma nova urgência, pois os tremores na região continuaram a ser sentidos, dois dias após um terremoto devastador que atingiu a Turquia e a Síria e já matou mais de 18.000 pessoas.

O Comando da Frente Interna disse que as sirenes de alerta não foram tocadas para nenhum dos terremotos em Israel porque os tremores não representavam perigo para os residentes.

No caso de um terremoto mais grave, as sirenes de ataque aéreo soarão rapidamente junto com um anúncio de “terremoto” que será repetido várias vezes. Além disso, as FDI oferecem um aplicativo para smartphone que enviará uma notificação de alerta segundos após a detecção de um terremoto pelo Serviço Geológico de Israel. O aplicativo está disponível para smartphones Android ou iPhone.

De acordo com as instruções do Comando, quem está dentro dos prédios deve tentar sair para uma área aberta do lado de fora. Se não for possível deixar o prédio nos primeiros segundos após o início do terremoto, as pessoas são aconselhadas a entrar nas salas seguras do prédio, salas especialmente fortificadas que os prédios mais novos têm em cada andar como proteção também contra ataques de foguetes. Aqueles que entrarem em um abrigo durante um terremoto devem deixar a porta e as janelas abertas.

Como alternativa a um abrigo, as pessoas também podem ficar na escada do prédio e usar as escadas para sair. Se mesmo isso não for possível, as pessoas devem se sentar em um canto da sala ou embaixo de um móvel pesado, protegendo a cabeça com as mãos.

Aqueles que conseguirem chegar ao espaço aberto devem ficar longe de prédios, árvores, cabos elétricos e qualquer outro objeto que possa desabar.

Quem estiver dirigindo um carro deve parar no acostamento e esperar no veículo até que o terremoto pare. Os motoristas são aconselhados a evitar parar sob pontes ou em um trevo.

LEIA TAMBÉM

Imediatamente após um terremoto, as pessoas próximas à costa devem se afastar dela a uma distância de pelo menos um quilômetro, como precaução contra um tsunami. Se isso não for possível, eles podem entrar em prédios estruturalmente seguros e subir pelo menos até o quarto andar.

A Frente Interna também recomenda que as famílias preparem um kit para todas as possíveis situações de emergência, que deve ser guardado em local de fácil acesso ou no quarto seguro da família.

O kit deve incluir pelo menos três litros de água para cada membro da família, alimentos secos, uma lanterna à bateria, um meio de receber informações como um rádio de bateria ou baterias sobressalentes para um celular, quaisquer medicamentos necessários para os membros da família e itens necessários para cuidar de bebês, quando necessário, como fraldas, alimentos, mamadeiras, etc.

As FDI  também aconselharam a manter um backup de documentos importantes e algum dinheiro no kit de emergência.

O sistema de alerta de terremoto implementado no ano passado em cooperação com o Serviço Geológico de Israel pode emitir um alerta aos cidadãos com sirenes, semelhantes às usadas em ataques com foguetes, sete segundos após um terremoto que atinja mais de 4,5 na escala Richter.

A eficácia do sistema foi capturada na TV ao vivo, na quarta-feira, quando a emissora pública Kan entrevistava o chefe do Serviço Geológico de Israel. As sirenes soaram na sede do instituto sinalizando o início de um terremoto.

Após o terremoto Turquia-Síria, vários escritórios do governo israelense convocaram reuniões de emergência para reavaliar a preparação do país para um grande terremoto.

Fonte: The Times of Israel

3 thoughts on “Instruções das FDI em caso de terremoto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo