Israel: Lockdown pode durar um mês

Com o aumento do número de pessoas infectadas, apesar do bloqueio, a partir de hoje a polícia pretende intensificar a fiscalização em todo o país.

Cerca de 4000 multas foram dadas a cidadãos que infringiram as regras impostas pelo Ministério da Saúde.

O agravamento se refletirá em fiscalizações mais rigorosas nos postos de controle que serão implantados nas rodovias intermunicipais, ao lado de postos de controle que foram e serão montados nas saídas e entradas de cidades de todo o país.

Além disso, a polícia vai começar a aumentar a fiscalização nos centros comerciais e nas lojas de rua que abrem sem licença. Ao mesmo tempo, nas áreas das sinagogas, a polícia pretende aumentar muito a sua atividade a partir de hoje e nas próximas semanas.

LEIA TAMBÉM

O gabinete do coronavírus se reunirá na quarta-feira para definir novas regras para conter o surto. De acordo com notícias do Canal 12, Netanyahu acredita que o bloqueio nacional pode ser estendido para durar cerca de um mês.

O gabinete do coronavírus também discutirá a definição de metas e indicadores para uma saída gradual do segundo bloqueio nacional de Israel, o progresso em vacinas e a compra e uso de testes rápidos COVID-19.

Também será discutido o uso de ferramentas digitais no combate à pandemia, bem como uma campanha voltada para o uso de máscaras e manutenção do distanciamento social.

Estão em andamento, também, reuniões sobre o sistema de ensino e planos de retorno às aulas, além de programas de assistência a idosos.

Na noite de segunda-feira, ao término de Yom Kipur, a polícia intercedeu em vários incidentes de ultraortodoxos que se reuniram às dezenas e centenas em Jerusalém e Bnei Brak, em violação das regulamentações de saúde.

Foto: Pilkist

One thought on “Israel: Lockdown pode durar um mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *