IsraelNotícias

Israelense é morto por terrorista no Vale do Jordão

Um israelense foi morto em um ataque a tiros perto do cruzamento Beit HaArava na Rodovia 90 no Vale do Jordão, na tarde desta segunda-feira.

O vídeo da cena mostrou o terrorista se dirigindo ao cruzamento e atirando nos carros que passavam. Um carro que passava foi danificado, mas não houve feridos. O terrorista então seguiu para a área de Mul Nevo, onde atirou em um israelense, ferindo-o gravemente.

A vítima, um homem de cerca de 25 anos, foi transferido para o Hadassah Medical Center em Har Zofim em estado crítico e foi declarado morto no hospital.

O terrorista dirigiu até a área do Mosteiro de São Jorge em Wadi Qelt, queimou seu veículo e mudou para um veículo diferente antes de se afastar da área.

As estradas que levam a Jericó foram fechadas enquanto as forças israelenses procuram o terrorista.

As FDI confirmaram os relatos dos dois ataques terroristas interconectados perto do cruzamento Beit HaAravah, na segunda-feira. Acrescentou que estabeleceu postos de controle e posições adicionais na área para verificar se há armas e suspeitos.

LEIA TAMBÉM

Os ataques ocorreram perto da cidade de Jericó. Em janeiro, uma célula terrorista de Jericó tentou realizar um ataque a tiros em um restaurante. Nenhuma pessoa ficou ferida na tentativa de ataque porque as armas dos terroristas emperraram.

O grupo terrorista palestino Jihad Islâmica elogiou a “coragem” dos atacantes e acrescentou que “as operações de resistência continuam e o inimigo pagará o preço por todos os seus crimes”.

Fontes: The Jerusalem Post e Ynet
Foto: United Hatzalah

2 thoughts on “Israelense é morto por terrorista no Vale do Jordão

  • José Cosme Batista da Silva

    Que tristeza, mais inocentes são mortos pelos terroristas, e a Autoridade Palestina, que só sabe reclamar na ONU, quando Israel ataca?
    É triste porque os Árabes vão sofrer as consequências deste ataque, os assentamentos judeus serão acelerados e vão empurrar os Árabes para seu próprio território e Israel vai tomar conta de vez da Judéia e Samaria, a Autoridade Palestina nada faz para conter estes abusos, é a primeira a pagar os terroristas e as suas famílias, como este povo terá um estado independente? , não as custas do estado de Israel, mas é sempre a mesma situação , chega o Ramadã e a guerra se levanta, que Deus tenha misericórdia dos judeus e dos árabes, que um dia haja paz entre estes povos, pois são descendência de Abraão e creem no mesmo Deus que criou os céus e a terra e tudo é Dele, o homem não tem nada, tudo é do criador!!

    Resposta
  • Pingback: Bibi compara manifestação com tumulto em Huwara - Revista Bras.il

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo