Loja de presentes convida a queimar um judeu “literalmente”

Uma loja de presentes online na Polônia retirou de venda uma versão em vela de cera das chamadas estatuetas do “judeu da sorte”, caricaturas antissemitas de judeus ortodoxos segurando moedas, que são encontradas em lares por todo o país.

O item ofensivo foi apontado pela “Associação Never Again”, com sede em Varsóvia, um grupo de pesquisa e defesa que combate o antissemitismo e o racismo. A loja online Lyson, especializada em produtos feitos de cera de abelha, estava oferecendo uma “vela em forma de judeu para que você possa literalmente queimar um judeu”. A Associação exigiu a remoção imediata do item à venda.

“A ideia de queimar a figura de um judeu estereotipado em um país onde milhões de vítimas do Holocausto foram queimadas pelos nazistas alemães é particularmente perturbadora”, disse Rafal Pankowski, diretor executivo da “Never Again”.

O produto, apresentado como uma “Grande Vela Judaica”, foi retirada do site.

O fenômeno das estatuetas de “judeu da sorte” nas casas polonesas, normalmente feitas de madeira, cresceu em popularidade nos últimos 20 anos. A certa altura, as estatuetas puderam até ser compradas na loja oficial de presentes do parlamento polonês, até que protestos de grupos judeus, em 2017, interromperam sua venda.

LEIA TAMBÉM

Mais recentemente, em dezembro de 2019, a gigante varejista alemã OBI removeu produtos semelhantes de 58 de suas lojas em toda a Polônia, incluindo pinturas de judeus vestindo roupas tradicionais enquanto se sentavam e contavam cuidadosamente suas moedas.

Embora as estatuetas sejam comumente defendidas na Polônia como totens inofensivos projetados para trazer boa sorte financeira, grupos e historiadores judeus afirmam que evocam o estereótipo perigoso dos judeus como agiotas avarentos, que desencadeou pogroms e outras atrocidades antijudaicas ao longo dos séculos.

Abraham Foxman, um sobrevivente do Holocausto na Polônia e diretor nacional emérito da Liga Anti-Difamação (ADL), disse que o aparecimento da estatueta em forma de vela sublinhou mais uma vez a necessidade de os educadores poloneses explicarem o perigo dos estereótipos antissemitas.

Fonte: Algemeiner

2 thoughts on “Loja de presentes convida a queimar um judeu “literalmente”

  • 20 de março de 2021 em 06:26
    Permalink

    Infelizmente a Polonia sempre foi antissemita

  • 20 de março de 2021 em 06:29
    Permalink

    A Polonia sempre foi antissemita

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: