Lua de sangue em Israel

Esta sexta-feira (27 de julho) quem estiver em Israel vai poder se deliciar com o mais longo eclipse lunar em um século: o Blood Moon.

O nome deste fenômeno é devido à cor avermelhada que uma lua eclipsada total assume. Quando vemos a lua no céu, não é porque ela lança sua própria luz sobre nós. O que podemos ver é o reflexo da luz do sol. No entanto, durante um eclipse lunar total, a Terra se move entre o Sol e a Lua, cortando o suprimento de luz da Lua. Embora a Lua seja coberta pela sombra da Terra, alguma luz passará pela atmosfera e se dobrará em direção à lua.Isso faz com que a lua emita um brilho vermelho escuro, em vez de ficar completamente escuro.

O eclipse começa às 20h14 da noite e vai até as 2h28 da manhã de sábado. O eclipse total – onde a lua está “completamente vermelha” – poderá ser vista em Jerusalém às 22h30, e o máximo do eclipse, onde lua está mais próxima do centro da sombra, às 23h21.

Mas a lua cheia e o eclipse são geralmente tão brilhantes que poderá ser observado de quase qualquer lugar em Israel, das praias do Mediterrâneo à Praça Diezengoff.

Fonte: astronomyisrael.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *