Magen David Adom oferece serviço por chat

Na tentativa de impedir a propagação da doença e minimizar a exposição de pessoas com problemas de saúde, a Magen David Adom (MDA) lançou um serviço de chat (bate-papo) por vídeo para evitar que potenciais portadores de coronavírus vão aos hospitais e ponham em risco outros doentes

Por meio do bate-papo por vídeo, os médicos podem orientar os paramédicos da MDA que atendem chamadas nas casas das pessoas e consultá-las em casos não urgentes que não exigem hospitalização.  Esse processo pode reduzir em um terço o número de pessoas que entram numa unidade de emergência para tratamento.

“Planejamos um programa de medicina semelhante há três anos, mas a necessidade atual desse tipo de tecnologia se tornou muito mais urgente à luz da atual crise do coronavírus. Trazer um paciente ao hospital apresenta sérios riscos, especialmente quando ele pode não estar gravemente doente, mas pode ser uma fonte de contágio que colocaria em risco pacientes com sistema imunológico comprometido”, disse Eli Bin, diretor geral da MDA.

Enquanto isso, empresas e startups de todo o país se reúnem para combater o coronavírus e apresentar soluções inteligentes para ajudar a mitigar a doença.