Material descartável na praia de Eilat dá multa

O Conselho da Cidade de Eilat aprovou a decisão de proibir o uso de produtos descartáveis, como plásticos, alumínio, papelão e papel, incluindo a venda de produtos descartáveis nas praias.

Não poderão ser trazidos utensílios descartáveis, como pratos, facas, garfos, copos, canudos ou sacos de comida. Ao mesmo tempo, esses produtos descartáveis ​​não devem ser vendidos à beira-mar. Garrafas de bebida podem ser levadas para as praias.

Como parte da alteração da lei, o município pretende estabelecer uma multa máxima de 730 NIS.

O objetivo da lei é evitar a poluição do mar devido ao uso de produtos descartáveis e sacolas plásticas, juntando-se aos países do mundo que adotaram legislação sobre esse assunto. A cidade de Eilat é a primeira em Israel a adotar a proibição.

O município de Herzliya já anunciou que adotará um estatuto municipal sobre o assunto.

O prefeito de Eilat, Meir Yitzhak Halevi explicou que os produtos descartáveis ​​são um incômodo quando jogados no mar e nas praias: “Os recursos naturais de Eilat atraem milhões de turistas de Israel e de todo o mundo. É nosso dever mantê-los de todas as maneiras”. O prefeito observou ainda que “o objetivo é evitar a poluição do mar. Estamos nos unindo a muitos países do mundo que agiram de maneira semelhante”.

 

2 thoughts on “Material descartável na praia de Eilat dá multa

  • 15 de dezembro de 2019 em 12:30
    Permalink

    O problema não é exatamente o produto descartável,mas como se descartar dele !
    No meu ponto de vista é a educação do frequentador da praia que é falha !
    Este frequentador deveria levar consigo seu lixo e descarta-lo no local apropriado , não recolheu seu lixo e não levou, seria repreendido pelo salva vidas ou polícia e multado em quantos shekalim fossem necessários !

    Resposta
  • Pingback: Eilat ganha estações de ônibus refrigeradas – Revista Bras.il

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *