Moradores de Hadera vão receber encomendas por drone

Os moradores de Hadera e seus arredores poderão começar a pedir produtos como hambúrgueres e pizza, cosméticos e remédios e receber direto na porta de sua casa por meio de drones, em um programa piloto que começou no início deste ano.

A National Drone Initiative, que começou seus voos sobre áreas urbanas em janeiro de 2021, entrou em uma segunda fase de seu programa piloto, que inclui voos sobre áreas residenciais dentro e ao redor de Hadera, de acordo com o The Times of Israel.

Esta nova fase faz parte de uma série de oito etapas que vão ocorrer nos próximos dois anos, nas quais dezenas de milhares de decolagens acontecerão nos céus de Hadera.

O objetivo é ajudar a ajustar a tecnologia de drones e, em última instância, ajudar a reduzir o congestionamento das vias, criando uma rede de corredores aéreos para entrega de medicamentos, exames médicos e equipamentos e comércio eletrônico em veículos aéreos.

“A National Drone Initiative está alcançando novos patamares, iniciando serviços aos clientes”, disse Dror Bin, diretor executivo da Autoridade de Inovação de Israel.

“A Autoridade de Inovação de Israel vê grande valor em garantir que os cidadãos israelenses possam se beneficiar da inovação local e desfrutar de serviços avançados, como o recebimento de mercadorias entregues por drones em suas casas”.

LEIA TAMBÉM

O projeto permitirá que as empresas participantes testem suas tecnologias em “ambientes do mundo real, nos quais várias empresas de drones operam em tempo real”, disse ele. Isso ajudará a melhorar seu desempenho e sua posição competitiva no mercado.

O projeto piloto, que transforma Israel em um local beta onde voos de teste e entregas de drones acontecem, visa ajudar os fabricantes, varejistas e reguladores de drones a entender como será o nosso céu no futuro, com centenas e milhares de drones usados ​​para entregas.

Nesta segunda fase do projeto piloto, que começou esta semana, estão sendo realizados voos sobre bairros residenciais de Hadera.

Além disso, há demonstrações de entrega de drones ponta a ponta, desde o momento em que o pedido é feito por meio de um aplicativo até a entrega da mercadoria.

Esta é a primeira vez que voos de entrega por drones são realizados em bairros residenciais urbanos de pontos de decolagem importantes na cidade, perto de empresas, instituições públicas e outros ambientes urbanos, disse a Autoridade de Inovação de Israel em um comunicado.

Os voos são operados por seis empresas que trabalham em estreita colaboração com a Polícia de Israel, os Serviços de Bombeiros e Resgate e o Comando da Frente Interna das Forças de Defesa de Israel.

O sistema operacional implantado poderá priorizar os diversos voos de drones e liberar o espaço aéreo na entrada de uma aeronave de grande porte ou operada por serviços de emergência, segundo o comunicado.

A iniciativa é uma colaboração entre a Autoridade de Inovação de Israel, o Ministério dos Transportes, a Autoridade de Aviação Civil e a Autoridade de Transporte Inteligente.

Fonte: ©EnlaceJudío
Foto: Mollyrose89CC BY-SA 4.0 (Wikimedia Commons)