ONU deve aprovar investigação de crimes de guerra

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (UNHRC) deve estabelecer uma comissão de inquérito sobre as ações israelenses contra os palestinos no período que antecedeu e incluiu a Guerra de Gaza de 11 dias, que terminou em 21 de maio.

Em particular, o comitê investigaria a atividade israelense em Gaza e Jerusalém, bem como os distúrbios étnicos que eclodiram em cidades mistas dentro de Israel.

O Paquistão e a Autoridade Palestina enviaram uma resolução para a criação de uma missão de averiguação que será votada na quinta-feira, quando o UNHRC realizará uma sessão especial em Genebra.

O texto pede a responsabilização pelas ações de Israel.

“A comissão seria autorizada a fazer recomendações, em particular sobre medidas de responsabilização, todas com o objetivo de evitar e acabar com a impunidade e garantir a responsabilização legal, incluindo a responsabilidade penal individual e de comando, por tais violações, e justiça para as vítimas”, afirma a Resolução.

LEIA TAMBÉM

Ele exploraria as “alegadas violações do direito internacional humanitário e todas as alegadas violações e abusos do direito internacional dos direitos humanos até e desde 13 de abril de 2021, e todas as causas subjacentes de tensões recorrentes, instabilidade e prolongamento do conflito, incluindo discriminação sistemática e repressão baseada na identidade nacional, étnica, racial ou religiosa”.

A missão de Israel na ONU em Genebra respondeu imediatamente, observando a ausência da menção aos disparos de foguetes do Hamas contra cidades e vilas israelenses.

“Nenhuma menção ao Hamas. Nenhuma menção a mais de 4.300 foguetes”, afirmou, acrescentando, “pedimos aos Estados-Membros que se manifestem e se oponham a esta resolução”.

A sessão especial de quinta-feira será a 30ª realizada pelo UNHRC desde seu início em 2006, dos quais nove se concentraram em Israel. Nenhum outro país foi alvo de tantas sessões especiais.

Houve pelo menos cinco missões de apuração de fatos em ações militares israelenses no passado, incluindo uma na “Grande Marcha de Retorno” liderada pelo Hamas, bem como nas guerras anteriores em Gaza.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Wissam Hashlamoun (Flash90)

One thought on “ONU deve aprovar investigação de crimes de guerra

Fechado para comentários.