Parlamento alemão condena boicote anti-Israel

O parlamento alemão aprovou uma resolução condenando o movimento de boicote anti-Israel (BDS). A resolução define o movimento BDS como “antissemita” e pede ao governo alemão que não colabore de forma alguma com os eventos que promovem o boicote contra Israel.

“Todas as chamadas para boicotar são por natureza radicais e levam a estigmatizar os cidadãos israelenses e pessoas de fé judaica em geral. Isto é inaceitável e deve ser condenado nos termos mais fortes”, disse a resolução que também enfatizou que “os argumentos e os métodos do movimento BDS são antissemitas.”

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse no Twitter que “nos congratulamos com a decisão do Bundestag, que foi aprovada com uma grande maioria, contra o movimento BDS”.

“O Parlamento alemão decidiu que este é um movimento antissemita que promove boicote ilegal contra Israel. Este é um passo importante e esperamos que outros países europeus também sigam este caminho.”

A resolução foi proposta pela União Cristã Democrática (CDU), pelo Partido Social Democrata (SDP), pelo Partido Verde e pelo Partido Democrático Livre (FDP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *