Rua Arafat em Tel Aviv? ativistas trocam placas

Ativistas do Projeto Israel Victory, que busca “guiar a política dos EUA e de Israel para apoiar uma vitória israelense sobre os palestinos para resolver o conflito árabe-israelense, usaram um novo método para expressar sua frustração com o fracasso do governo em impedir o terrorismo do Hamas: eles mudaram os nomes das placas de rua de Tel Aviv com termos relacionados aos perigos do terrorismo em Gaza.

A mudança, que ocorreu no centro de Tel Aviv, viu nomes de ruas como Jabotinsky e Ahad Ha’am terem suas placas substituídas para rua Alerta Vermelho (Tzeva Adom), a rua Hamas e a rua Terror do balão (Balonei Tave’ra). A Rua Rainha Ester foi renomeada para Dolphinarium Street (uma boate onde um terrorista suicida do Hamas explodiu a si mesmo em 2001, matando 21 homens e mulheres jovens) e a Rua Bnei Zion foi renomeada como Rua dos Balões Incendiários (Incendiary Balloons Street).

O grupo é formado por famílias que tiveram um ou mais membros mortos em ataques terroristas, veteranos do IDF e israelenses comuns.

Outros nomes de ruas incluíam Sbarro, Yasser Arafat e outras frases, conceitos e nomes associados ao terror árabe como, Rua Três Filhos (cujo sequestro e assassinato foram o prelúdio da guerra de Gaza de 2014), Rua das Perdas e Rua Ismail Haniyeh.

De acordo com o grupo, as placas de rua “mostram a realidade que os israelenses vivem hoje, na esteira do fracasso do governo em lidar com o terror. Os israelenses estão desapontados com a mão leve que o governo está usando para lidar com o Hamas. Queremos chegar a uma solução. Apelamos às autoridades eleitas, à IDF e à sociedade israelense para que passem de uma política de apaziguamento para uma de vitória”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *