Solidariedade em tempos de crise

Mais de 1,5 milhão de NIS foram doados num único dia para ajudar a família de Tamar Peretz-Levi, a mais jovem vítima de pandemia de Israel até agora.

Tamar, de 49 anos, viúva e mãe de gêmeas de 4 anos, morreu nas primeiras horas da manhã de terça-feira, depois ficar hospitalizada por menos de uma semana. Sua história tocou muitos corações, pois esta é a segunda grande tragédia na vida das gêmeas. O pai delas morreu de ataque cardíaco apenas sete meses depois que elas nasceram.

O prefeito de sua cidade natal, Lod, Yair Revivo, e outros moradores da cidade, imediatamente, iniciaram uma campanha de crowdfunding em nome das crianças, com uma meta de 1,8 milhão de NIS (US$ 500.000). Em menos de 24 horas, mais de 1,5 milhão de NIS já haviam sido doados.

Um dos organizadores da arrecadação de fundos, Yossi Davidov, ficou surpreso, pois achava que essa quantia não poderia ser levantada, com tantos israelenses desempregados devido à pandemia. “Existe alguma nação como essa?”

O dinheiro será destinado a uma fundação dedicada exclusivamente às crianças que será criada pela família de Tamar.

Tamar deixa oito irmãos, mas ainda não está decidido qual deles receberá a custódia das crianças oficialmente.