Tocha do Dia da Independência será acesa sem espectadores

Pela primeira vez nos 72 anos da história de Israel, a cerimônia de acendimento da tocha de Yom Haatzmaut (Dia da Independência) será realizada sem espectadores.

“Decidi que pela primeira vez, neste ano, a cerimônia de acendimento da tocha que marca o fim do Dia da Lembrança dos Soldados Mortos de Israel e das Vítimas do Terrorismo (Yom Hazikaron) e o início das festividades do Dia da Independência do Estado de Israel será realizada sem a participação de uma plateia”, disse a ministra da Cultura e Esportes Miri Regev.

O evento, marcado para 28 de abril, será transmitido pela televisão e pela Internet e será realizado “de uma maneira digna e emocional que expresse as variadas vozes na sociedade israelense”, segundo a ministra.

O evento é normalmente aberto ao público e com a presença de centenas de dignitários.