Torneio de Karatê palestino homenageia terrorista

A Federação Palestina de Karatê organizou recentemente um torneio com o nome da terrorista Dalal Mughrabi, que matou 37 civis israelenses, incluindo 12 crianças, e deixando mais de 70 feridos, no massacre de 1978 na estrada costeira (Estrada 2), disse a Palestine Media Watch (PMW) em comunicado à imprensa.

A Federação Palestina de Karatê faz parte da Federação Asiática de Karatê. O evento aconteceu em Belém e contou com 55 jovens atletas.

A PMW enviou uma carta à Federação Mundial de Karatê e à Federação Asiática de Karatê, para informá-las sobre o evento e pedir que proibissem tais exposições no futuro. A PMW também sugeriu instituir uma regra para proibir nomes de terroristas de eventos.

“A Associação Palestina de Karatê escolheu nomear esse torneio em homenagem a um assassino em massa”, disse Nan Jacques Zilberdik, investigador principal da PMW, “apresentando Dalal Mughrabi como uma heroína nacional, incentivando jovens palestinos a seguir seus passos. ”

Não é a primeira vez que a Autoridade Palestina usa o nome de Mughrabi, apesar de seus crimes passados. Existem pelo menos seis escolas com o nome dela, assim como muitos outros eventos esportivos que também o levam o nome da assassina.

2 thoughts on “Torneio de Karatê palestino homenageia terrorista

  • 11 de outubro de 2019 em 03:45
    Permalink

    Interessante se alguem contou o numero de escolas, pontes, torneios etc, em nome de Moshe Dayan, Ytzchak Rabin, Menachem Beguin, Rehavam Zeevi e outros – ministros, militares que foram responsáveis pela morte de muitissimos palestinos.
    A diferença é clara: os nossos são heróis, os deles são terroristas.
    Até o dia que eles recebam independência e seus heróis serão exatamente os que lutaram pela independência.
    Perguntem a Rabin, Zeevi, Beguin, Shamir, que na época do mandato eram terroristas.

    • 12 de outubro de 2019 em 07:39
      Permalink

      Zeev Matalon, Dayan, Rabin Beguin etc não mataram pessoas inocentes, não tem comparação

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: