A reabertura da economia e o selo roxo

O gabinete do Primeiro Ministro divulgou uma série de medidas destinadas a aliviar algumas restrições impostas devido à pandemia do coronavírus, permitindo uma abertura limitada nos negócios, a fim de reiniciar a economia.

A retomada da atividade econômica, reduzida para cerca de 15% como parte dos esforços para conter o surto, permitirá que a maioria dos trabalhadores nas indústrias e serviços retornem ao trabalho, ainda com uso de máscaras e mantendo distanciamento social tanto quanto possível no local de trabalho.

Pequenas empresas, como lojas de móveis e de objetos para casa, assim lojas de material eletrônico, livrarias, lojas de material de escritório e óticas também poderão retomar suas atividades, sujeitos à conformidade com o “selo roxo”, definidas pelo NSC (Conselho Nacional de Segurança) que estabelece todas as condições que devem ser atendidas para que as operações sejam retomadas legalmente.

No momento, no entanto, o sistema escolar permanecerá fechado, com exceção dos alunos com necessidades especiais, que retomarão suas atividades em grupos de no máximo três e em dias alternados.

Shopping centers, restaurantes, lojas de brinquedos, salões de beleza e lojas de roupas também deverão permanecer fechados neste momento.

Orações ao ar livres serão permitidas para até 10 pessoas, desde que o distanciamento social seja mantido.

Os 100 metros permitidos para caminhadas fora de casa foram estendidos para 500 metros, assim como atividades esportivas de no máximo duas pessoas, respeitando o limite de 500 metros. Basquete e futebol não serão permitidos nesta fase.

O transporte público será ajustado de acordo com a necessidade.

Casamentos e funerais poderão ser realizados com menos de 20 pessoas

Um único cuidador poderá atender crianças de três famílias diferentes.

O Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu observou que essas medidas buscam permitir que a atividade econômica dobre para 30%. O governo avaliará a situação em duas semanas e, se houver melhora contínua, mais restrições serão suspensas. Caso contrário, restrições mais rígidas serão reimpostas.

Netanyahu disse que, dadas as diretrizes do Ministério da Saúde, os eventos que marcam o Dia da Lembrança dos Soldados Caídos e Vítimas do Terrorismo (Yom Hazikaron)  e o Dia da Independência (Yom Haatsmaut), previstos para o final de abril, ocorrerão sem multidões.

O diretor do Ministério da Saúde, Moshe Bar Siman-Tov, instou os israelenses a não verem o alívio iminente da restrição como uma licença para desrespeitar as diretrizes de saúde pública.

Ele observou que indivíduos de grupos de alto risco – aqueles com doença coronariana, pressão alta e pessoas hospitalizadas nos últimos seis meses – não podem voltar ao trabalho neste momento.

Ele também reiterou que é obrigatório usar uma máscara facial e manter um distanciamento social dentro e fora do local de trabalho.

O governo também pediu à população muçulmana israelense para aderir às restrições do distanciamento social durante o mês do Ramadã, assim como os judeus israelenses tiveram que se limitar nos feriados de Pessach.

 

O selo roxo: as condições para o funcionamento das empresas

Os locais que atendem às condições do “selo roxo” podem empregar até 100% da força de trabalho. Qualquer empresa ou local de trabalho se auto-regulará e declarará que atende às condições, mas violar estas restrições é um crime.

– Nomeação de um “supervisor corona”

– Manutenção das regras de higiene

– Registro de todos os clientes por meio de um aplicativo do Ministério da Saúde

– Proibição de estações de café e cozinha

– Refeições na sala do funcionário, tanto quanto possível

– Manutenção da distância de dois metros entre os trabalhadores

– Medição de febre na entrada

– Manutenção do mesmo grupo de trabalho no mesmo turno, se possível

– Em uma sala com até 20 m² podem ficar até cinco trabalhadores. Um número maior de empregados se houver divisórias entre eles.

– Realizar reuniões com até oito pessoas na sala.

3 thoughts on “A reabertura da economia e o selo roxo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *