Bibi e Gantz discutem formação de um governo de unidade

Ontem à noite, o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, se dirigiu a seus rivais políticos para propor a criação de um governo de emergência para combater a propagação do vírus do coronavírus, convidando Benny Gantz a dialogar.

Em um discurso transmitido em horário nobre, Netanyahu instou o partido Azul e Branco, liderado por Gantz, a dar o passo após um ano de impasse político, durante o qual nenhum dos dois conseguiu formar uma coalizão governamental.

“Seria um governo de emergência por tempo limitado, e lutaremos juntos para salvar as vidas de dezenas de milhares de cidadãos”, disse ele durante o pronunciamento, onde emitiu alertas sobre um alto número de possíveis mortes pelo vírus e anunciou que as escolas israelenses seriam fechadas a partir desta sexta-feira.

Anteriormente, o ministro da Defesa Naftali Bennett havia feito um apelo semelhante, dizendo que apoiaria uma lei para congelar a situação política por seis meses e formar um governo de emergência liderado por Netanyahu.

“Em seis meses, podemos voltar para onde estávamos e continuar a debater”, disse o aliado de Netanyahu, que lidera o partido Yamina. “Nenhuma parte perderá seu poder ou capacidade de negociação. Mas o vírus não discrimina as linhas políticas, e isso exige que formemos uma ampla unidade nacional.”

Gantz disse mais tarde que estava disposto a discutir a formação de um governo de emergência, mas acrescentou que teria de incluir elementos de todos os lados políticos.

“O meu partido até agora apoiou e continuará apoiando a luta comum contra a epidemia de coronavírus e suas consequências”, escreveu Gantz no Facebook. “À luz da situação, estaremos prontos para discutir a formação de um amplo governo de unidade nacional que inclua representação de todas as partes da casa. Faremos todo o possível para avançar esta etapa em benefício dos cidadãos do país.”

Enquanto elogiava o Ministério da Saúde por sua conduta nos últimos dias, ele disse que era hora de intensificar a resposta de Israel e usar vários ramos das Forças de Defesa de Israel para lidar com alguns dos problemas causados ​​pelo vírus.

One thought on “Bibi e Gantz discutem formação de um governo de unidade

  • 13 de março de 2020 em 12:39
    Permalink

    Sim mas o babaca do Gantz colocou como pricipio a participacao do partido arabe tambem sabendo que Bibi nunca ira concordar com tamanho absurdo!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *