Contagem de votos termina. E agora?

Com todos os votos contados na noite de quinta-feira, os resultados mostraram que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu fracassou, pela quarta vez consecutiva, em obter uma clara maioria parlamentar.

Os resultados deixaram o primeiro-ministro e seus oponentes políticos mais uma vez sem um caminho claro para formar um governo de coalizão e prenunciam um impasse duradouro e uma potencial quinta eleição.

Embora a contagem de votos tenha terminado e os resultados divulgados, a Comissão Eleitoral Central ressalta que estes não são os resultados oficiais e que estes serão publicados na próxima quarta-feira, 31 de março, e serão submetidos ao Presidente de Israel, Reuven Rivlin.

Os dados divulgados pela comissão eleitoral são quase definitivos, pois na próxima semana os membros da comissão deverão examinar as reclamações recebidas, conferir os resultados e revisar centenas de cédulas.

LEIA TAMBÉM

Com nada menos do que 13 partidos, a 24ª Knesset inicia sua jornada com uma nova composição, mas com muitos rostos conhecidos e apenas 18 novos membros

De acordo com dados publicados, o Likud ganha 30 cadeiras, enquanto Yesh Atid de Yair Lapid fica com  17,  o Shas tem 9 assentos, o Azul e Branco 8, o Avoda, o Yamina, o Yisrael Beiteinu e o Judaísmo Unido da Torá ganham cada um 7 assentos. Atrás deles, o Sionista Religioso, a Lista Conjunta, o Meretz e o Nova Esperança ganham 6 cadeiras cada e o Ra’am ganha 4 cadeiras.

Os bloco de apoio de Netanyahu, formado por partidos de direita e religiosos teria, então, 52 cadeiras, enquanto os partidos de oposição ao primeiro-ministro teriam 57. Entre os dois blocos, o partido de direita Yamina (com 7) e o islâmico Ra’am (com 4) que não se comprometeram com nenhum dos lados.

Netanyahu precisaria de ambos os partidos para obter uma maioria pequena, mas a cooperação entre a extrema direita e os islamistas de Ra’am parece quase impossível.

Enquanto isso, uma potencial “coalizão de mudança” de Yesh Atid, Azul e Branco, Yamina, Yisrael Beytenu, Avodá, Nova Esperança e Meretz teria 58 votos, também três menos do que a maioria.

Fontes: Times of Israel e Kipa

Foto:  Oren Ben Hakoon (Flash90)

3 thoughts on “Contagem de votos termina. E agora?

  • 26 de março de 2021 em 11:29
    Permalink

    Uma fato e real e irrevogavel, com toda a oposicao a Bibi e com todas as manifestacoes incansaveis contra ele, o Likud ganhou as eleicoes pela quinta vez!! Likud 30 Lapid 17!! O povo nao se deixa enganar pela veborragia odiosa da esquerda!! E com certeza formara um governo solido e unido de direita!

    • 29 de março de 2021 em 02:33
      Permalink

      Fim do fascismo já!

  • Pingback: Lapid e Gantz discutem formação do governo - Revista Bras.il

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: