Emirados compram metade das ações do Beitar Jerusalém

Um membro da família governante de Abu Dhabi comprou 50% das ações do time de futebol da Premier League israelense Beitar Jerusalém – time conhecido por nunca ter contratado um jogador árabe-muçulmano.

A compra ocorre em meio a uma enxurrada de negócios entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, após a mudança para estabelecer relações diplomáticas formais em setembro.

LEIA TAMBÉM

Em um anúncio postado em seu site, o Beitar disse que a compra do xeque Hamad Bin Khalifa Al Nahyan também incluiu um compromisso de investir mais de 300 milhões de shekels (US$ 92,18 milhões) no clube nos próximos 10 anos.

O anúncio de Beitar citou o xeque Hamad dizendo: “Estou emocionado por ser um parceiro em um clube tão glorioso do qual ouvi tanto e em uma cidade tão grande, a capital de Israel e uma das cidades mais sagradas do mundo”.