Festival Internacional de Cinema de Jerusalém

O 35º Festival Internacional de Cinema de Jerusalém acontece de 26 de julho a 5 de agosto.
Durante 10 dias o melhor do cinema israelense e mundial é apresentado na cidade, além de painéis, workshops e performances musicais ao vivo.

O festival tradicionalmente abre no Sultan’s Pool, um vale rico em história, fora das muralhas da Cidade Velha e ao lado da famosa Cinemateca de Jerusalém. A maioria das exibições ocorre na Cinemateca, com algumas em vários outros locais da cidade. O principal objetivo do festival é apresentar ao público as tendências atuais do cinema mundial.

As sessões são realizadas todos os dias, das 10h da manhã à meia-noite.

Este ano, o Jerusalem Film Festival está lançando um novo local no Harry Wilf Independence Park.

O Cinema Park inclui uma piscina de 300 m² com barcos de borracha e uma gigantesca tela LED mostrando filmes relacionados à água, food trucks, palco do Hip Hop apresentando os melhores artistas contemporâneos e grandes eventos que serão realizados todas as noites no palco principal.

Entre os participantes deste ano, o longa brasileiro Djan Africa, dos diretores Filipa Reis e João Miller Guerra, além de curtas e vídeos brasileiros.

www.jff.org.il

Djon África
De Filipa Reis e João Miller Guerra
Miguel Moreira, também conhecido como Djon África, descobre que a genética pode ser cruel quando sua fisionomia – bem como alguns de seus fortes traços de personalidade – o denunciam imediatamente como o filho de seu pai; Alguém que ele nunca conheceu. Esta descoberta intrigante leva-o a tentar descobrir quem é este homem. Tudo o que ele sabe sobre ele é o que sua avó, com quem ele sempre viveu, lhe contou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *