Israelense vence a maratona de Tóquio

A atleta queniana, naturalizada israelense, Lona Chemtái venceu a maratona de Tóquio, com o tempo de 2 horas, 17 minutos e 45 segundos, quebrando o recorde nacional de Israel e estabelecendo um novo recorde feminino para o circuito.

Nascida em Kitale, no final de 1988, aos 19 anos, chegou ao estado judeu como babá dos filhos do embaixador de seu país, que morava em Hertzlia. Em 2011, Chemtai conheceu o treinador israelense Dan Salpeter, com quem se casou três anos depois.

Foi somente em março de 2016 que ela recebeu a cidadania israelense, dias após vencer a maratona de Tel Aviv e pouco antes do prazo para competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No entanto, Chemtai teve que desistir por causa de fortes dores no peito, provavelmente devido ao leite com o qual estava amamentando Roy. Em 2018, sagrou-se campeã europeia de 10.000 metros.

Chemtai também detém os recordes israelenses nas distâncias 1.500, 3.000 e 5.000, a meia maratona.

Esperava-se que cerca de 38.000 corredores competissem na corrida de Tóquio, incluindo maratonistas japoneses que usam a competição para se qualificar para as Olimpíadas. No entanto, devido ao medo de coronavírus, a corrida foi limitada a apenas 200 corredores de elite.

Além disso, os espectadores que normalmente se alinham nas ruas para torcer pelos corredores do maior evento esportivo de Tóquio foram orientados a ficar em casa para limitar a propagação do vírus.

Fonte e foto: RadioJai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *