Lenços de papel causam prejuízo nas estações de esgoto

A Igudan, empresa responsável pelo tratamento de águas residuais e esgotos na área de Tel Aviv, passou por uma situação inusitada na última semana quando a estação de bombeamento de Ayalon foi bloqueada por uma massa de 10 toneladas de lenços umedecidos para bebês que haviam sido jogados em banheiros por toda a da cidade.

“Os lenços, juntamente com gorduras e material pegajoso nos esgotos, grudam um no outro e formam uma massa”, disse o gerente da Igudan Amir Shalev. Segundo ele, os lenços umedecidos, apesar de descartáveis não podem ser jogados no vaso sanitário, porque na verdade não se desintegram.

Pode parecer engraçado, mas os números do ministério são impressionantes. O consumo anual em Israel é de cerca de 3,1 bilhões de lenços por ano, o que significa cerca de 407 lenços por pessoa.

Eles representam cerca de um terço dos resíduos que vão para as estações de tratamento de águas residuais. E o custo para a economia devido aos danos causados aos sistemas de esgoto por esse simples material é estimado em 12 milhões de shekels por ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *