Maccabi Tel Aviv em festa. Raanana rebaixado

O Maccabi Tel Aviv tornou-se campeão do futebol israelense mais uma vez. A equipe do técnico sérvio Vladimir Ivic conquistou, com três rodadas de antecedência, o bicampeonato da Ligat Al (premira divisão) depois de derrotar o Hapoel Tel Aviv por 3 a 0 na noite de sábado no estádio Bloomfield.

O campeonato é o 24º do clube na história da franquia e o quinto em oito anos sob a propriedade do canadense Mitch Goldhar.

Os gols foram marcados no segundo tempo pelo inglês Nick Blackman, de pênalti, Eitan Tibi e Itay Shechter, que marcou o terceiro gol aos 90 minutos iniciando as comemorações.

O goleiro Daniel Tenenbaum, que fez aliá do Brasil há alguns anos, está na lista dos melhores jogadores da temporada. Tenenbaum iniciou a carreira no Flamengo e chegou ao clube em 2016, mas só ganhou a titularidade nesta temporada. Levou apenas oito gols no campeonato, numa campanha de 24 vitórias e nove empates.

“Isso é muito emocionante”, exclamou o jogador de 26 anos. “Eu treino muito e estou muito feliz. Eu mereço ser o jogador do ano? Isso é para os fãs e jornalistas decidirem, só sei que conquistamos o título e é isso que é importante.”

No outro extremo da tabela, o Hapoel Raanana confirmou seu rebaixamento. O clube, fundado em 1938, irá disputar a Liga Leumit (segunda divisão) na próxima temporada.

Depois de terminar a temporada anterior (208-2019) em 9º lugar, o Hapoel Raanana tem feito péssima campanha neste ano com apenas 17 pontos (duas vitórias, 11 empates e 19 derrotas) em 32 jogos. No último sábado, conseguiu quebrar uma sequência de 11 derrotas seguidas ao empatar em 2 a 2 com o Hapoel Hadera (onde atua o brasileiro Lucio Maranhão).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *