Marca francesa adota tecnologia sustentável israelense

A gigante francesa da moda Kering assinou um acordo com empresa israelense de tecnologia verde Sonovia para integrar a tecnologia de tingimento de fios em sua linha de produção de jeans para grandes marcas de luxo, a fim de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 40%.

O mercado de corantes índigo para a indústria de jeans é estimado em US$ 1,5 bilhão por ano. Os processos tradicionais de tingimento de fios de índigo requerem uma média de 60.000 litros de água por processo e dependem de produtos químicos poluentes, como o hidrossulfito.

A tecnologia de ultrassom de tingimento de fio índigo sem produtos químicos D(y)ENIM da Sonovia reduz o uso de água no processo de tingimento em até 85% e é 100% livre de hidrossulfito.

Esta tecnologia permite uma redução radical no consumo de água, resíduos químicos e gasto de energia.

O módulo plug and play pode ser implementado facilmente em qualquer linha de montagem, tornando a tecnologia da Sonovia acessível a uma ampla variedade de lojas têxteis tradicionais e globais.

A Sonovia fez parceria com a desenvolvedora internacional de denim PureDenim, com sede na Itália, que é parceira no acordo com a Kering no desenvolvimento e ampliação da tecnologia de denim.

LEIA TAMBÉM

“A tecnologia da Sonovia é o passo final para o tingimento de índigo com impacto quase zero. Ter parceiros inovadores como Sonovia e Kering nos dá coragem para enfrentar desafios que até ontem pareciam inatingíveis”, disse Gigi Caccia, CEO da PureDenim.

O diretor de negócios da Sonovia, Roy Hirsch, disse que o acordo com a Kering “é a confirmação de que a tecnologia de tingimento índigo da Sonovia é a tecnologia do futuro para a indústria têxtil. O acordo vai revolucionar a indústria têxtil e aumentar a sustentabilidade no mundo da moda”.

Fonte: World Israel News
Foto: Canva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *