Mortos e feridos em tragédia em Meron

Pelo menos 44 pessoas, incluindo crianças, morreram e mais de 150 ficaram feridas, muitas em estado crítico, durante a comemoração de Lag Baômer, no Monte Meron. Segundo médicos e equipes de resgate esta é uma das piores tragédias em tempos de paz da história de Israel.

Cerca de 100 mil pessoas participavam da festa, em Meron, na região da Alta Galileia, o evento com maior número de pessoas no país desde o início da pandemia.

A causa específica do desastre ainda não foi esclarecida. Relatos iniciais disseram que já passava da meia-noite quando uma arquibancada lotada de fieis desabou, esmagando as pessoas. No entanto, o serviço de resgate Magen David Adom disse que a tragédia foi causada por uma aglomeração e superlotação. Um oficial da polícia disse que dezenas de participantes “escorregaram” de uma passarela, caindo sobre os que estavam abaixo deles nas arquibancadas e causando um efeito dominó esmagador.

A superlotação e o desespero dificultaram o trabalho polícia para afastar a multidão do local e permitir o acesso às ambulâncias. Alto-falantes pediam em iídiche e hebraico que as pessoas abrissem caminho e permitissem que os socorristas passassem.

LEIA TAMBÉM

As estradas de acesso foram fechadas para impedir que mais pessoas chegassem ao local.

Após o desastre a rede local de celular entrou em colapso e não permitiu chamadas e mensagens escritas.

Vídeos anteriores ao acidente mostraram dezenas de milhares de pessoas na arena improvisada, dançando e pulando nas arquibancadas ao som da música.

 

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu chamou o incidente de “um desastre terrível”.

O rabino-chefe de Israel, Israel Meir Lau, que estava em um dos palcos no momento do acidente, permaneceu lá com outros rabinos importantes, recitando salmos para os feridos.

Fonte: The Times of Israel, The Jerusalem Post, N12
Foto: captura de tela

One thought on “Mortos e feridos em tragédia em Meron

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *