Nova variante do coronavírus a caminho de Israel?

O Diretor Geral do Ministério da Saúde, Professor Nachman Ash, falou, na manhã de terça-feira, sobre a variante do coronavírus AY.4.2 que foi recentemente descoberta na Europa.

“Precisamos aprender qual é o significado clínico de cada variante”, disse o Prof. Ash à 103 FM Radio. “No momento não posso dizer muito, vamos aprender e ver se é perigoso para nós ou não.”

“Ao longo da jornada, houve muitas variantes, algumas das quais foram descobertas como significativas, como Delta, e outras, não”.

“O mais importante, como aprendemos, é que uma variante que se espalha mais rapidamente é mais perigosa, pois pode se espalhar e dominar um país, e é isso que precisaremos aprender nos próximos dias”.

A Dra. Sharon Alroy-Preis, Chefe dos Serviços de Saúde Pública do Ministério da Saúde, disse a Galatz: “Nem toda variante criada é necessariamente perigosa. Precisamos ver se ela se desenvolve em um país que já teve uma onda Delta ou em um país vacinado. Estamos seguindo todas as variantes”.

‘Precisamos ver se a nova variante é perigosa para nós,’ diz o Professor Nachman Ash.

LEIA TAMBÉM

De acordo com o professor Salman Zarka, a cepa foi descoberta no Reino Unido e atualmente está se espalhando para mais países europeus.

A Dra. Dorit Nitzan, Diretora da Organização Mundial da Saúde para a Europa, disse a Kan que “estamos seguindo esta subespécie Delta com maior vigilância. Agora ela está se espalhando na Áustria, França, Dinamarca e Suécia. Estamos preocupados que isso vá causar uma mudança na natureza da doença e, claro, alterar a eficácia da vacina”.

A nova variante surge no momento em que Israel se prepara para receber turistas após mais de um ano e meio de fechamentos de fronteira, em novembro.

A epidemia em Israel está em declínio acentuado há vários dias, já que mais de 3,7 milhões dos 9,3 milhões de cidadãos receberam a terceira dose da vacina. O governo tem confiado na vacinação em massa, em vez de novas medidas restritivas.

Fontes: Arutz Sheva e i24news
Foto: Canva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *