Novas diretrizes para isolamento e vacinados

O governo decidiu que, a partir de ontem (domingo 17/1), todos passageiros que voltam dos Emirados Árabes Unidos e do Brasil, incluindo quem esteve no Brasil nos últimos 14 dias, devem ser colocados em isolamento em um hotel.

A decisão será válida até 27 de janeiro e foi tomada depois que quatro casos da mutação sul-africana foram revelados no último fim de semana entre israelenses que voltavam de Dubai e as mutações que apareceram na região amazônica do Brasil.

Os ministros também decidiram prorrogar por mais dez dias a obrigação de isolamento em hotéis, que já se aplica aos que voltam da África do Sul e Zâmbia.

Ao mesmo tempo, foi decidido estender a obrigação de isolamento em hotel por duas semanas para quem retornasse de qualquer país do mundo, a menos que concordasse em ser testado ao entrar no país e se comprometesse a realizar um novo teste após nove dias (cumprindo o período do isolamento é em casa). Esta decisão permanecerá em vigor até 1º de fevereiro.

LEIA TAMBÉM

Nachman Ash, coordenador do gabinete do coronavírus, também expressou sua preocupação com a disseminação acelerada do vírus após a identificação de várias mutações que entram no país pelo aeroporto e confirmou que o Ministério da Saúde está trabalhando para exigir a apresentação de um resultado negativo para COVID-19 antes de embarcar em um avião para Israel.

Quanto à campanha de vacinação, Ash disse que, na próxima semana, a meta é vacinar 200 mil pessoas por dia. Ressaltou que, depois de uma semana que tenha tomado a segunda dose vacina, qualquer pessoa ficará isenta de isolamento em caso de ter tido contato uma pessoa infectada. Nos próximos dias será lançado um sistema informatizado que permitirá a produção de um certificado para a pessoa que foi vacinada. Todos poderão fazer o login e produzi-lo por meio do site.

Segundo Ash, “há uma desaceleração no aumento do número de pacientes, mas ainda não vemos um efeito no número de doentes em estado crítico, o coeficiente de infecção está diminuindo e hoje está em 1,09. Não atingimos a meta, que está abaixo de 1, mas a direção é animadora”.

Quanto à extensão do lockdown, Ash disse que os profissionais de saúde recomendam estender o fechamento por mais uma semana, mas a decisão só será conhecida na quarta-feira.

O ministro da Defesa, Beni Gantz, voltou a afirmar ontem que “todos devem seguir as instruções. Se não houver aplicação igual, não há sentido em continuar o fechamento. Quem abre uma escola ou Talmud Torá, quem reza em um grande grupo em uma sinagoga, mesquita ou igreja, quem se encontra com muitas pessoas e viola as instruções é uma ameaça à vida”.

Foto: Olivier Fitoussi (Flash90)

3 thoughts on “Novas diretrizes para isolamento e vacinados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *