Israel paga caro para vacinar a população

O governo israelense desembolsará cerca de US$ 315 milhões para cumprir seu ambicioso plano de vacinação em massa contra o coronavírus, a um custo de US$ 47 per capita, nas doses que comprou das empresas farmacêuticas Pfizer-BioNtech e Moderna.

A soma significa que o preço médio de cada dose da vacina de ambas as empresas é de cerca de US$ 23,50, um pouco mais alto do que o valor que a Pfizer havia dito inicialmente que custariam as injeções. O preço mais alto é porque Israel tem pressionado para comprar um grande número de vacinas e para que sejam entregues rapidamente para manter a campanha de vacinação mais intensa.

LEIA TAMBÉM

Os preços das vacinas relatados pelo The Washington Post e pela BBC em dezembro indicavam que Israel estava pagando significativamente mais pela vacina da Pfizer do que os Estados Unidos ou a União Europeia.

O Washington Post relatou na época que os Estados Unidos pagaram à Pfizer US $ 19,50 por dose, enquanto o bloco de 27 países da UE pagou US$ 14,76. Segundo o jornal, os preços da vacina Moderna seriam US$ 15 por dose para os EUA e US$ 18 por dose para a UE.

Foto: (Gerd Altmann) Pixabay

3 thoughts on “Israel paga caro para vacinar a população

  • Pingback: Israel paga caro para vacinar a população - Rede Israel

  • 13 de janeiro de 2021 em 17:10
    Permalink

    Considero um grande engano dizer que, Israel paga caro. Uma semana de confinamento custa ao país Cerca de 9 BILHÕES de Shekalim, pouco mxais de 2,83 BILHÕES de dólares. Se Israel reduzir em apenas um dia a volta, ao normal -UM DIA – se paga todas, as vacinas (e não só a difete5 de preços).

    • 15 de janeiro de 2021 em 11:27
      Permalink

      Muito bem colocado, Marcos!

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: