Pastor evangélico é investigado por discurso antissemita

Em 2008, Tupirani da Hora Lores se tornou o primeiro brasileiro condenado por intolerância religiosa

Texto: Raphael Branco (colaborador no Rio de Janeiro)

Na última sexta-feira (12), a Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao pastor evangélico Tupirani da Hora Lores. A chamada “Operação Shalom”, investiga o líder religioso por promover discursos antissemitas na internet.

A ordem foi dada pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, que recolheu materiais na sede da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo, no bairro Santo Cristo, na Zona Norte da cidade. Os agentes apreenderam gravações de um culto realizado em junho de 2020, onde Tupirani ataca a comunidade judaica. “Ó Deus, como tu fizeste na Segunda Guerra Mundial, tu tens dito que faria novamente. E se depende de nosso clamor e de nossa oração, justiça, justiça, justiça! A esses arrogantes, prepotentes, que até hoje cospem na cara de Jesus Cristo”, afirmou em um trecho da gravação.

Na época, a Revista Bras.il relatou o fato e informou sobra a denúncia que foi feita pela organização Sinagoga Sem Fronteiras.

Após conclusão das investigações, ele pode responder criminalmente por prática ou incitação à discriminação ou preconceito. A pena pode chegar a cinco anos de prisão e multa

Histórico de intolerância religiosa

Em 2008, o pastor Tupirani da Hora Lopes se tornou a primeira pessoa condenada no Brasil por intolerância religiosa. Já em 2012, ele e membros da mesma igreja foram presos devido a ataques racistas e homofóbicos. “Homossexualismo é possessão demoníaca. Fica essa mentalidade de que é normal dentro dos colégios, que não pode discriminar”, disse em outro vídeo.

Fontes: Agência Brasil, CNN Brasil e G1
Foto: Polícia Federal (Divulgação)

One thought on “Pastor evangélico é investigado por discurso antissemita

  • 20 de março de 2021 em 06:35
    Permalink

    Em pleno sec 21 ainda existem pessoas assim/

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: