Plano de combate ao aumento do custo de vida

O primeiro-ministro, Naftali Bennett, e o ministro das Finanças, Avidor Liberman, vão apresentar ainda nesta quarta-feira um plano de combate ao aumento do custo de vida, em resposta à crescente onda de protestos.

No centro do programa: desoneração fiscal para as famílias trabalhadoras, bolsa para os trabalhadores de baixa renda, redução dos aumentos de preços da energia elétrica e a redução das tarifas de bens de consumo.

Segundo o Canal 13, o primeiro-ministro alternativo, Yair Lapid, manifestou insatisfação com as medidas apresentadas por Bennett e Liberman. Segundo a publicação, Lapid disse que as propostas de financiamento não são suficientes.

Os detalhes do plano ainda estão em discussão, mas seus pontos principais devem ser:

– Redução do imposto de renda para as famílias, fornecendo pontos de crédito. Redução de NIS 200 a 200 por família.

– Subsídio trabalhista (imposto de renda negativo) para assalariados de baixa renda.

– Reduzir o aumento do preço da eletricidade para 3%, em vez de 5,7%.

– Reduzir os limites de bens de consumo importados.

LEIA TAMBÉM

As medidas econômicas foram formuladas em resposta aos protestos ouvidos nas últimas semanas, que começaram após as decisões do governo sobre o aumento dos preços dos combustíveis e da eletricidade e o aumento dos preços das principais cadeias alimentares.

O estado também decidiu aumentar os impostos sobre utensílios descartáveis, bebidas açucaradas e transporte público.

Em resposta ao anúncio do aumento dos preços dos alimentos, o Ministro das Finanças e o presidente da Histadrut (central sindical) pediram às empresas comerciais que reduzissem seus lucros às custas do consumidor israelense.

O Ministro das Finanças pediu à Autoridade da Concorrência para identificar monopólios, e ontem a Autoridade entrou nos escritórios da Unilever em uma investigação sobre a coordenação de preços entre os gigantes de alimentos.

Nos últimos dias, o Histadrut montou um comitê para monitorar os preços na economia e criará um índice alternativo ao índice de preços ao consumidor que refletirá custos para os setores mais frágeis da sociedade israelense.

Fonte: Davar
Foto: Canca

One thought on “Plano de combate ao aumento do custo de vida

Fechado para comentários.