Tecnologia israelense na prevenção de doenças renais

Uma tecnologia israelense pode ajudar a prevenir lesões renais agudas, que afetam 60% dos pacientes de UTI e 10% das internações hospitalares.

A empresa israelense Serenno Medical desenvolveu um dispositivo que mede continuamente a produção de urina em pacientes hospitalizados, ajudando a detectar e prevenir lesões renais agudas (LRA).

Chamado Sentinel, o dispositivo se conecta aos sistemas de monitoramento hospitalar existentes e pode salvar vidas, detectando até pequenas alterações na função renal, independentemente da posição do paciente e mesmo durante procedimentos cirúrgicos.

A LRA afeta cerca de 19 milhões de pacientes em todo o mundo a cada ano. É uma doença comum de pacientes hospitalizados, com quase 60% de todos os pacientes de UTI e 10% daqueles admitidos no hospital afetados. Uma vez desenvolvido, é difícil de tratar e irreversível.

A doença causa 300.000 mortes por ano somente nos EUA. Ela triplica as taxas de mortalidade, quadruplica o risco de readmissão hospitalar e aumenta o tempo de permanência em 50%.

O Sentinel trabalha em sinergia com qualquer cateter e bolsa e requer uma instalação curta, simples e não invasiva.

Como o dispositivo mede automática e continuamente a produção, o fluxo e o volume de urina em tempo real, não apenas os funcionários do hospital estão livres de verificar manualmente esse importante sinal vital, mas são imediatamente informados de quaisquer alterações no status do paciente. Isso leva ao tratamento imediato, salvando vidas.

Os rins costumam ser o primeiro órgão a parar de funcionar adequadamente. Portanto, a medição contínua da produção de urina seria uma ferramenta valiosa no tratamento de pacientes com doenças graves e instáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *