Tel Aviv, uma das melhores cidades do mundo

A revista Global Time Out publicou seu ranking anual das melhores cidades do mundo, realizado em colaboração com a Tapestry Research. Tel Aviv, “a cidade que não pára”, ficou em 21º lugar.

Para realizar o ranking, a revista entrevistou cerca de 34.000 pessoas, bem como a rede de editores e especialistas da Time Out em todo o mundo. A revista pediu aos entrevistados que avaliassem diferentes parâmetros, como felicidade geral, alimentação, vida noturna, cultura, comunidade, vizinhanças, beleza da cidade, custos e conforto.

A lista é liderada por Nova York (EUA) em primeiro lugar, Melbourne (Austrália) em segundo lugar e Chicago (EUA) em terceiro lugar. A cidade da América Latina na melhor posição do ranking é a Cidade do México (14º), seguida por Buenos Aires (18º). Tel Aviv foi classificada como a melhor cidade do Oriente Médio.

A cidade foi fundada em 1909, quase 40 anos antes do estabelecimento do Estado de Israel, por algumas dezenas de famílias que dividiram a terra disponível usando uma loteria desenhada com conchas do mar. A loteria foi organizada por Akiva Aryeh Weiss, presidente da sociedade de construção que coletou 120 conchas na praia, metade delas brancas e metade delas cinzas. Nomes foram escritos nas conchas brancas e os números das parcelas nas conchas cinzentas. Um menino e uma menina tinham a tarefa de desenhar os nomes e números. O fotógrafo, Avraham Soskin, documentou o evento. Em um ano, as ruas Herzl, Ahad Ha’am, Yehuda Halevi, Lilienblum e Rothschild foram construídas, um sistema de água foi instalado e 66 casas (incluindo algumas subdivididas em seis parcelas) foram concluídas.