Investigado possível túnel nazista no Sul do Brasil

Escavações estão sendo realizadas no Centro de Ibirubá, a quase 300 km de Porto Alegre, para investigar a existência de um suposto túnel usado por nazistas na cidade. Participam da ação equipes da prefeitura, uma empresa privada que voluntariamente está ajudando com equipamentos, bombeiros e a Brigada Militar.

O grupo está investigando uma suspeita histórica: a de que, na região, haveria um túnel supostamente utilizado como rota de fuga por nazistas na Segunda Guerra Mundial.

O asfalto foi aberto e escavado. A cerca de dois metros da superfície, as equipes se depararam com uma tubulação antiga de concreto.

Conforme pesquisas, reportagens antigas e a crença popular de moradores, o suposto túnel está na região central da cidade, com ramais que totalizariam cerca de dois quilômetros de extensão.

Teria sido construído por moradores descendentes de imigrantes alemães e serviria para contrabando e para passagem de colaboradores de Adolf Hitler na América Latina.

Há alguns meses, o jornalista Clóvis Messerschimdt investigou o mistério que corre há pelo menos seis décadas entre os moradores da região. Segundo ele, a cidade abrigou nazistas fugidos da Europa e serviu de rota para criminosos de guerra que mais tarde se estabeleceram, com identidades falsas na Argentina e no Chile.

Fundada em 1955, 10 anos após a morte de Adolf Hitler e a rendição da Alemanha, Ibirubá começou a tomar forma em 1899, quando chegaram à região os primeiros imigrantes alemães. Seus descendentes ainda hoje formam cerca de 80% da população local, o cemitério é repleto de sepulturas antigas com inscrições na língua pátria e é comum flagrar as pessoas conversando em alemão nas ruas e no comércio. Entre os anos 1960 e 1970, rumores sobre a passagem de nazistas atraíram a imprensa nacional à cidade, motivando reportagens em Zero Hora, na revista O Cruzeiro e no jornal Correio da Manhã, do Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *