Israel abre nova estrada na Cisjordânia

Uma estrada para dois povos

Israel abriu uma estrada na Cisjordânia com uma barreira física que separa o tráfego israelense e palestino, a primeira do tipo, atraindo acusações de racismo de autoridades palestinas.

O Ministério de Transportes de Israel disse que a estrada, incluindo suas provisões de segurança, forneceu “uma solução para ambas as populações, israelense e palestina”.

A recém-inaugurada estrada 4370, de cinco quilômetros, é dividida por um muro de concreto coberto com cercas. Duas faixas da estrada ligam o assentamento Geva Binyamin, também conhecido como Adam, ao norte de Jerusalém, ao bairro French Hill da cidade – e estão abertos a veículos israelenses e a palestinos que têm permissão de entrada para Jerusalém. As outras duas faixas se ramificam e percorrem o leste e o sul da cidade, sem acesso a Jerusalém, e destinam-se a veículos de palestinos que não têm autorização de acesso a Jerusalém, de acordo com um comunicado do Conselho Regional de Binyamin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *